Please use this identifier to cite or link to this item: http://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/1036
Title: Exploração de fatores de risco para câncer de mama em mulheres de etnia Kaingáng, Terra Indígena Faxinal, Paraná, Brasil, 2008
Authors: Silva, Edimara Patrícia da
Pelloso, Sandra Marisa
Carvalho, Maria Dalva de Barros
Toledo, Max Jean de Ornelas
Affilliation: Universidade Estadual de Maringá. Centro de Ciências da Saúde. Maringá, PR, Brasil.
Universidade Estadual de Maringá. Centro de Ciências da Saúde. Maringá, PR, Brasil.
Universidade Estadual de Maringá. Centro de Ciências da Saúde. Maringá, PR, Brasil.
Universidade Estadual de Maringá. Centro de Ciências da Saúde. Maringá, PR, Brasil.
Abstract: O objetivo do presente estudo foi analisar a saúde das mulheres Kaingáng da Terra Indígena Faxinal, Paraná, Brasil, quanto aos fatores de risco para o câncer de mama. O estudo, de caráter descritivo-exploratório, foi realizado com 95,4% da população feminina com vinte anos ou mais. O aleitamento materno por mais de 1 ano foi relatado por 92,3% das mulheres; 41,4% tinham mais de cinco filhos; a idade média da menarca foi 13,4 anos; 61,5% nunca tinham ouvido falar do câncer de mama; o auto-exame da mama era realizado por apenas 2,9% das mulheres; o médico não realizava o exame clínico da mama, segundo 81,7% delas, e 99% nunca fizeram mamografia. Não foi relatado caso de câncer de mama ou extramamário. Destacaram-se a presença dos fatores de proteção para a carcinogênese e a ausência de alguns fatores de risco, como o uso de terapia de reposição hormonal por mais de cinco anos e etilismo, na maioria das mulheres Kaingáng.
Abstract: This study analyzes the health of Kaingáng women in the Faxinal indigenous territory in Paraná State, Brazil, with regard to risk factors for breast cancer. A descriptive and exploratory investigation was undertaken that included 95.4% of females 20 years or over. Data showed that 92.3% of Kaingáng women reported breastfeeding for more than one year; 41.4% had more than 5 children; mean age at menarche was 13.4 years; 61.5% had never heard of breast cancer; breast self-examination was only performed by 2.9%; 81.7% reported no clinical breast examination by a physician; 99% had never had a mammogram. No cases of breast or non-breast cancer were reported. The study highlights protective factors against carcinogenesis and the absence of key risk factors like hormone replacement therapy for more than five years and alcohol consumption in most Kaingáng women.
Keywords: Brasil
Índios Sul-Americanos
Saúde de Populações Indígenas
Epidemiologia
Paraná
Região Sul
Kaingang
Kaingáng
Fatores de Risco
Saúde da Mulher
Estudos Epidemiológicos
Neoplasias da Mama
Issue Date: 2009
Publisher: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Citation: SILVA, Edimara Patrícia da; PELLOSO, Sandra Marisa; CARVALHO, Maria Dalva de Barros; TOLEDO, Max Jean de Ornelas. Exploração de fatores de risco para câncer de mama em mulheres de etnia Kaingáng, Terra Indígena Faxinal, Paraná, Brasil, 2008. Cadernos de Saúde Pública, v. 25, p. 1493-1500, 2009.
metadata.dc.identifier.doi: 10.1590/S0102-311X2009000700007
ISSN: 0102-311X
Copyright: open access
Appears in Collections:EPI - Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
163853377.pdf100.11 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.