Please use this identifier to cite or link to this item: http://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/1045
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorVerani, Cibele-
dc.contributor.authorMorgado, Anastácio-
dc.date.accessioned2019-09-16T18:46:45Z-
dc.date.available2019-09-16T18:46:45Z-
dc.date.issued1991
dc.identifier.citationVERANI, Cibele; MORGADO, Anastácio. Fatores culturais associados à doença da reclusão do alto Xingu (Brasil Central). Cadernos de Saúde Pública, v. 7, p. 515-537, 1991.en_US
dc.identifier.issn0102-311X-
dc.identifier.urihttp://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/1045-
dc.description.abstractSob uma abordagem antropológica da dimensão simbólica da doença, o artigo enfoca as representações sobre a síndrome característica do ritual da reclusão pubertária entre indígenas da região do Alto Xingu (Brasil Central), em uma perspectiva comparativa com a abordagem clínico-epidemiológica clássica. A categoria tradicional da medicina indígena é considerada como ponto de partida para o contraste com a categoria da medicina ocidental, identificada em alguns casos da síndrome como uma neuropatia periférica de origem possivelmente tóxica. O tratamento epidemiológico dos dados sobre a categoria tradicional evidencia relações com acontecimentos de ordem cultural, afetos à conjuntura sócio-política e das relações de contato. Essa "síndrome cultural" representa um desafio aos métodos utilizados pela medicina ocidental moderna, em particular para a abordagem clínica e epidemiológica. Finalmente, os autores apresentam consideração de ordem metodológica, explicitando aspectos de dimensão cultural específicos da sociedade moderna, contidos nos procedimentos das disciplinas científicas envolvidas.en_US
dc.language.isopor-
dc.publisherEscola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruzen_US
dc.rightsopen accessen_US
dc.subject.otherAmazonasen_US
dc.subject.otherÍndios Sul-Americanosen_US
dc.subject.otherRegião Norteen_US
dc.subject.otherSaúde de Populações Indígenasen_US
dc.subject.otherMato Grossoen_US
dc.subject.otherRegião Amazônicaen_US
dc.subject.otherEpidemiologiaen_US
dc.subject.otherParque Indigena do Xinguen_US
dc.subject.otherPerfil de Saúdeen_US
dc.subject.otherAntropologia Socialen_US
dc.subject.otherFatores Culturaisen_US
dc.titleFatores culturais associados à doença da reclusão do alto Xingu (Brasil Central)en_US
dc.title.alternativeConsiderações antropológicas sobre a abordagem epidemiológicaen_US
dc.typeArticleen_US
dc.creator.affilliationFundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Núcleo de Estudos em Saúde. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.en_US
dc.creator.affilliationFundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Departamento de Epidemiologia e Métodos Quantitativos em Saúde. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.en_US
dc.identifier.doi10.1590/S0102-311X1991000400005-
Appears in Collections:ASMT - Artigos de Periódicos
EPI - Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
968260643.pdf1.24 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.