Please use this identifier to cite or link to this item: http://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/1084
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorMachado, Marina-
dc.contributor.authorPagliaro, Heloisa-
dc.contributor.authorBaruzzi, Roberto Geraldo-
dc.date.accessioned2019-09-24T17:02:01Z-
dc.date.available2019-09-24T17:02:01Z-
dc.date.issued2009-
dc.identifier.citationMACHADO, Marina; PAGLIARO, Heloísa; BARUZZI, Roberto G.. Perfil demográfico dos Hupd'äh, povo Maku da região do Alto Rio Negro, Amazonas (2000-2003). Revista Brasileira de Estudos de População, v. 26, n. 1, p. 37-50, 2009.en_US
dc.identifier.issn1980-5519-
dc.identifier.urihttp://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/1084-
dc.description.abstractOs Hupd'äh são um povo de língua Maku, habitante da região do Alto Rio Negro, Amazonas, Brasil. Lideranças indígenas, antropólogos, missionários e profissionais de saúde afirmam que eles estariam vivendo em condições de saúde precárias, com alta mortalidade geral e infantil. A partir de dados provenientes do Distrito Especial Indígena do Rio Negro - DSEI-RN, da Funasa/MS, para o período 2000-2003, foi realizado um estudo descritivo para avaliar o perfil demográfico e conhecer melhor essa população, contribuindo para a implementação de políticas públicas que lhe favoreçam e para os debates em antropologia, demografia e saúde indígena. A população de 1.487 indivíduos, em 2003, cresceu 8,4% ao ano no período estudado. Sua composição por idade e sexo indica concentração de jovens (44,9% com menos de 15 anos), além da predominância de população do sexo masculino. A taxa bruta de natalidade (TBN) média do período foi de 33,4 nascimentos por mil habitantes, a de fecundidade total (TFT) correspondeu a 3,4 filhos por mulher, a de mortalidade (TBM) foi de 10 óbitos por mil habitantes e a de mortalidade infantil (TMI) chegou a 116,3 óbitos por mil nascimentos. O aperfeiçoamento da coleta de informações, o elevado crescimento vegetativo e a intensa mobilidade espacial dos Hupd'äh poderiam explicar o alto ritmo de crescimento verificado entre 2000 e 2003.en_US
dc.language.isopor-
dc.publisherAssociação Brasileira de Estudos Populacionaisen_US
dc.rightsopen accessen_US
dc.subject.otherAmazonasen_US
dc.subject.otherBrasilen_US
dc.subject.otherÍndios Sul-Americanosen_US
dc.subject.otherRegião Norteen_US
dc.subject.otherSaúde de Populações Indígenasen_US
dc.subject.otherRegião Amazônicaen_US
dc.subject.otherEpidemiologiaen_US
dc.subject.otherAlto Rio Negroen_US
dc.subject.otherMortalidadeen_US
dc.subject.otherDemografiaen_US
dc.subject.otherEstudos Epidemiológicosen_US
dc.subject.otherMortalidade Infantilen_US
dc.subject.otherSistemas de Informação em Saúdeen_US
dc.subject.otherHupd’ähen_US
dc.titlePerfil demográfico dos Hupd'äh, povo Maku da região do Alto Rio Negro, Amazonas (2000-2003)en_US
dc.typeArticleen_US
dc.creator.affilliationOrganização Não-Governamental Christian Children´s Fund em Angola.en_US
dc.creator.affilliationUniversidade Federal de São Paulo. Escola Paulista de Medicina. Departamento de Medicina Preventiva. São Paulo, SP, Brasilen_US
dc.identifier.doi10.1590/S0102-30982009000100004-
dc.subject.decsBrasilen_US
dc.subject.decsSaúde de Populações Indígenasen_US
dc.subject.decsÍndios Sul-Americanosen_US
dc.subject.decsEpidemiologiaen_US
dc.subject.decsEcossistema Amazônicoen_US
dc.subject.decsMortalidadeen_US
dc.subject.decsDemografiaen_US
dc.subject.decsEstudos Epidemiológicosen_US
dc.subject.decsMortalidade Infantilen_US
dc.subject.decsSistemas de Informação em Saúdeen_US
Appears in Collections:EPI - Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
095429714.pdf320.59 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.