Please use this identifier to cite or link to this item: http://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/1112
Title: Fatores estruturais e as práticas de autoatenção das famílias com parentes com transtornos mentais: contexto Kaiowá e Guarani do Mato Grosso do Sul , Brasil
Authors: Silva, Antonio de Carvalho
Langdon, Esther Jean
Ribas, Dulce Lopes Barboza
Affilliation: Distrito Sanitário Especial Indígena de Mato Grosso do Sul. Campo Grande, MS, Brasil / Hospital Nosso Lar. Departamento de Psiquiatria.
Universidade Federal de Santa Catarina. Departamento de Antropologia. Florianópolis, SC, Brasil.
Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Departamento de Nutrição. Campo Grande, MS, Brasil
Abstract: Este artigo apresenta os resultados da pesquisa sobre as percepções e práticas de autoatenção dos índios Kaiowá e Guarani de Mato Grosso do Sul no que se refere aos parentes de indivíduos engajados em um processo clínico e diagnosticados como sofrendo de psicopatologia crônica. As famílias reconhecem sua responsabilidade moral de cuidar de seus parentes, porém fatores estruturais exercem uma influência forte sobre o tipo de cuidado que elas podem oferecer. Enquanto algumas delas conseguem acompanhar e gerenciar os cuidados necessários para manter a estabilidade do estado do doente, outros enfrentam dificuldades para operacionalizar sua responsabilidade de cuidar. Observamos que as práticas de autoatenção oferecidas pelas famílias são relacionadas com diversos fatores, tais como coesão familiar, situação financeira, gênero do doente e julgamento moral sobre sua conduta. Estas fatores são consequências dos processos históricos e econômicos que impactam no sistema de organização social tradicional baseado em reciprocidade. As dificuldades das famílias nem sempre são reconhecidas pelos os profissionais de saúde, no anseio de que a família acolha e cuide do seu doente
Keywords: Brasil
Índios Sul-Americanos
Saúde de Populações Indígenas
Região Centro-Oeste
Mato Grosso do Sul
Guarani
Saúde Mental
Agentes Comunitários de Saúde
Kaiowá
Fatores socioeconômicos
Autoatenção
Transtornos Mentais
Relações Familiares
DeCS: Brasil
Saúde de Populações Indígenas
Índios Sul-Americanos
Saúde Mental
Pessoal de Saúde
Fatores socioeconômicos
Transtornos Mentais
Relações Familiares
Issue Date: 2013
Publisher: Universidade Federal de Brasília
Citation: SILVA, Antonio de Carvalho; LANGDON, Esther Jean; RIBAS, Dulce Lopes Barboza. Fatores estruturais e as práticas de autoatenção das famílias com parentes com transtornos mentais: contexto Kaiowá e Guarani do Mato Grosso do Sul , Brasil. Tempus Actas de Saúde Coletiva, v. 7, n. 4, p. 149-168, 2013.
metadata.dc.identifier.doi: 10.18569/tempus.v7i4.1426
ISSN: 1982-8829
Copyright: open access
Appears in Collections:TR - Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
420811531.pdf532.79 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.