Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/1125
Título: Perfil metabólico e antropométrico de índios Aruák: Mehináku, Waurá e Yawalapití, Alto Xingu, Brasil Central, 2000/2002
Autor(es): Gimeno, Suely Godoy Agostinho
Rodrigues, Douglas
Pagliaro, Heloisa
Canó, Eduardo N.
Lima, Evandro Emilio de Souza
Baruzzi, Roberto Geraldo
Afiliação: Universidade Federal de São Paulo. Departamento de Medicina Preventiva. São Paulo, SP, Brasil.
Universidade Federal de São Paulo. Departamento de Medicina Preventiva. São Paulo, SP, Brasil.
Universidade Federal de São Paulo. Departamento de Medicina Preventiva. São Paulo, SP, Brasil.
Universidade Federal de São Paulo. Departamento de Medicina Preventiva. São Paulo, SP, Brasil.
Universidade Federal de São Paulo. Departamento de Medicina Preventiva. São Paulo, SP, Brasil.
Universidade Federal de São Paulo. Departamento de Medicina Preventiva. São Paulo, SP, Brasil.
Resumo em inglês: The objective of this study was to describe the anthropometric and metabolic profile of Aruák Indians (Mehináku, Waurá, and Yawalapití) in the Upper Xingu, Central Brazil. In July 2000 and October 2002, 201 subjects of both genders and aged >or= 20 years were submitted to physical (anthropometric and blood pressure measures) and laboratory (fasting blood glucose, serum lipids, and uric acid) examination. As compared to females, males had lower mean skinfold thickness measurements and serum HDL cholesterol, and higher body mass index, arm circumference, systolic and diastolic blood pressure, serum triglycerides, VLDL cholesterol, and uric acid. The prevalence rates for overweight (51.8%), obesity (15%), dyslipidemia (77.1%), and hypertension (37.7%) were higher among men than women, but prevalence of abdominal obesity (52.1%) was higher among women than men, independently of age and origin. These results corroborate the need to implement measures to control and prevent obesity and other cardiovascular risk factors among these indigenous peoples.
Palavras-chave em inglês: Brasil
Índios Sul-Americanos
Saúde de Populações Indígenas
Ecossistema Amazônico
Pressão Arterial
Antropometria
Estudos Epidemiológicos
Índice de Massa Corporal
Avaliação Nutricional
Dislipidemias
Comportamento Alimentar
Transição Nutricional
Doenças Crônicas não Transmissíveis
Pregas Cutâneas
Hipertensão Arterial
Palavras-chave: Brasil
Índios Sul-Americanos
Saúde de Populações Indígenas
Mato Grosso
Parque Indígena do Xingu
Região Amazônica
Região Centro-Oeste
Antropometria
Pressão Arterial
Mehináku
Yawalapití
Waurá
Estudos Epidemiológicos
Índice de Massa Corporal
Avaliação Nutricional
Dislipidemias
Sobrepeso e Obesidade
Comportamento Alimentar
Transição Nutricional
Doenças Crônicas não Transmissíveis
Pregas Cutâneas
Hipertensão Arterial
Data do documento: 2007
Editor: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Referência: GIMENO, Suely Godoy Agostinho. et al . Perfil metabólico e antropométrico de índios Aruák: Mehináku, Waurá e Yawalapití, Alto Xingu, Brasil Central, 2000/2002. Cadernos de Saúde Pública, v. 23, n. 8, p. 1946-1954, 2007.
DOI: 10.1590/S0102-311X2007000800021
ISSN: 1678-4464
Direito autoral: open access
Aparece nas coleções:AN - Artigos de Periódicos
EPI - Artigos de Periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
638518316.pdf100.72 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


O uso do material disponibilizado neste repositório deve ser feito de acordo e dentro dos limites autorizados pelos Termos de Uso.