Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/1206
Título: A produção política da repulsa e os manejos da diversidade na saúde indígena brasileira
Autor(es): Teixeira, Carla Costa
Afiliação: Universidade de Brasília. Brasília, DF, Brasil
Resumo: Considerando a permanência de práticas e percepções concernentes ao princípio do higienismo e da busca por mudanças comportamentais observadas nas ações cotidianas dos profissionais da saúde e da engenharia sanitária nas terras indígenas, este artigo busca refletir sobre os processos políticos, normativos e técnicos que sustentam sua atualização no contexto atual de conquista de direitos pelos povos indígenas. Desta forma, aponta para os manejos da diversidade cultural na história recente de nosso país que, em nome da inclusão dos povos indígenas, parecem estar produzindo novas hierarquias cívicas e civilizatórias. Ao privilegiar a análise do manual de formação do agente indígena de saneamento, inserindo-o no contexto recente de construção da política de saúde indígena brasileira, este trabalho busca contribuir para a compreensão de processos de estatização específicos que articulam práticas e normas, emoções e regras, representações e valores, profissionais de saúde (e engenharia), indígenas (“usuários” e lideranças) e gestores no cerne da construção da cidadania diferenciada.
Palavras-chave: Brasil
Índios Sul-Americanos
Saúde de Populações Indígenas
Formação Profissional em Saúde
Pessoal de Saúde
FUNASA
Saneamento Básico
Formulação de Políticas
Indigenismo
Pesquisa Qualitativa
Trabalho em Saúde
Política de Saúde Indígena
Diversidade Cultural
Agente Indígena de Saneamento
Higiene e Saúde
Materiais de Ensino
DeCS: Brasil
Saúde de Populações Indígenas
Índios Sul-Americanos
Capacitação de Recursos Humanos em Saúde
Pessoal de Saúde
Saneamento Básico
Formulação de Políticas
Diversidade Cultural
Materiais de Ensino
Data do documento: 2012
Editor: Universidade de São Paulo
Referência: TEIXEIRA, Carla Costa. A produção política da repulsa e os manejos da diversidade na saúde indígena brasileira. Revista de Antropologia, v. 55, n. 2, p. 567-608, 2012.
ISSN: 1678-9857
Fonte da publicação anterior: 1678-9857
Direito autoral: open access
Aparece nas coleções:PSSI - Artigos de Periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
319199191.pdf3.86 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


O uso do material disponibilizado neste repositório deve ser feito de acordo e dentro dos limites autorizados pelos Termos de Uso.