Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/1220
Título: Prevalência de atipias citológicas e infecção pelo papilomavírus humano de alto risco em mulheres indígenas Panará, povo indígena do Brasil Central
Título(s) alternativo(s): Prevalence of cytological atypia and high-risk human papillomavirus infection in Panará indigenous women in Central Brazil
Prevalencia de atipias citológicas e infección por el virus del papiloma humano de alto riesgo en mujeres indígenas Panará, pueblo indígena de Brasil Central
Autor(es): Rodrigues, Douglas Antônio
Pereira, Erica Ribeiro
Oliveira, Lavínia Santos de Souza
Speck, Neila Maria de Góis
Gimeno, Suely Godoy Agostinho
Afiliação: Universidade Federal de São Paulo. Escola Paulista de Medicina. São Paulo, SP, Brasil.
Resumo: O objetivo do estudo foi analisar a prevalência das atipias citológicas e infecção pelo papilomavírus humano em mulheres indígenas Panará no período de 2006 a 2007. Trata-se de estudo observacional transversal, com dados obtidos por coleta de amostras cérvico-vaginais para colpocitologia oncótica e captura híbrida, exame de colposcopia e biópsia. O trabalho incluiu 86 mulheres com idades de 12 anos ou mais, com história de vida sexual ativa ou pregressa. Os resultados mostraram que 10,7% das mulheres tinham atipias citológicas e que 28,6% estavam infectadas pelo HPV de alto risco oncogênico, principalmente entre as mais jovens (média = 25,6 anos). Dessas, 41,7% foram positivas para um ou mais dos tipos de HPV de alto risco dos genótipos 16, 18 ou 45, e a maioria, 58,3%, para outros tipos de HPV de alto risco. Conclui-se que é uma população especial, susceptível ao desenvolvimento das lesões precursoras do câncer do colo do útero e vulnerável às DST. Medidas preventivas como o rastreamento populacional sistemático para o câncer cervical e imunização contra o HPV são necessárias
Resumo em inglês: The aim of this study was to analyze the prevalence of cytological atypia and human papillomavirus infection in Panará indigenous women in 2006-2007. This was a cross-sectional observational study with data obtained from vaginal cervical samples for Pap smear and hybrid capture, colposcopy, and biopsy. The study included 86 females 12 years or older with a history of sexual activity. 10.7% of the women were diagnosed with cytological atypia and 28.6% were infected with high-risk HPV genotypes, which were more common among young women (mean = 25.6 years). Of these, 41.7% were positive for high-risk HPV genotypes 16 and/or 18 and/or 45, and the majority (58.3%) for other high-risk HPV genotypes. The study concludes that this group of indigenous women constitutes a special population, susceptible to develop precursor lesions for cervical cancer and vulnerable to STDs. Preventive measures are required, such as systematic cervical cancer screening and HPV immunization.
Palavras-chave: Brasil
Índios Sul-Americanos
Região Norte
Saúde de Populações Indígenas
Mato Grosso
Região Amazônica
Epidemiologia
Pará
Região Centro-Oeste
Saúde da Mulher
Estudos Epidemiológicos
Colposcopia
Panará
Neoplasias do Colo do Útero
Papillomavirus Humano
Teste de Papanicolaou
DeCS: Brasil
Índios Sul-Americanos
Saúde de Populações Indígenas
Ecossistema Amazônico
Epidemiologia
Saúde da Mulher
Estudos Epidemiológicos
Colposcopia
Neoplasias do Colo do Útero
Papillomaviridae
Teste de Papanicolaou
Data do documento: 2014
Editor: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca
Referência: RODRIGUES, Douglas Antonio. et al. Prevalência de atipias citológicas e infecção pelo papilomavírus humano de alto risco em mulheres indígenas Panará, povo indígena do Brasil Central. Cadernos de Saúde Pública, v. 30, n. 12, p. 2587-2593, 2014.
DOI: 10.1590/0102-31l'1X00152713
ISSN: 1678-4464
1678-4464
Fonte da publicação anterior: 10.1590/0102-31l'1X00152713
1678-4464
Direito autoral: open access
Aparece nas coleções:EPI - Artigos de Periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
372575550.pdf89.51 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


O uso do material disponibilizado neste repositório deve ser feito de acordo e dentro dos limites autorizados pelos Termos de Uso.