Please use this identifier to cite or link to this item: http://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/1355
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorRibas, Dulce Lopes Barboza-
dc.contributor.authorSganzerla, Alfredo-
dc.contributor.authorZorzatto, José Roberto-
dc.contributor.authorPhilippi, Sonia Tucunduva-
dc.date.accessioned2019-11-28T20:57:33Z-
dc.date.available2019-11-28T20:57:33Z-
dc.date.issued2001-
dc.identifier10.1590/S0102-311X2001000200007-
dc.identifier0102-311X, 0102-311X, 1678-4464-
dc.identifier.citationRIBAS, Dulce Lopes Barboza. et al. Nutrição e saúde infantil em uma comunidade indígena Teréna, Mato Grosso do Sul, Brasil. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 17, n.2 , p. 323-331, mar/abr. 2001.en_US
dc.identifier.issn0102-311X-
dc.identifier.urihttp://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/1355-
dc.description.abstractO trabalho descreve as condições de saúde e nutrição de crianças indígenas Teréna, caracterizando o estado nutricional infantil, o consumo de alimentos, as condições sócio-econômicas e ambientais. Foi estudada uma amostra de 100 crianças de 0 a 59 meses, residentes na Aldeia Córrego do Meio, Mato Grosso do Sul, Brasil. As prevalências de déficits nutricionais determinadas foram de 8,0% para o índice peso-para-idade, de 16% para o índice estatura-para-idade e, para obesidade, de 5%. A proporção de retardo do crescimento observada é superior à encontrada na população brasileira como um todo, provavelmente por refletir as precárias condições sócio-econômicas, ambientais e de saúde em que vive esta comunidade Teréna. A análise da adequação percentual média dos nutrientes que compõem a dieta infantil indicou o não atendimento às recomendações nutricionais nas diferentes faixas etárias. Novos estudos de caráter multidisciplinar e longitudinal são necessários para melhor entendimento dos processos identificados.en_US
dc.language.isopor-
dc.publisherEscola Nacional de Saúde Pública Sergio Aroucaen_US
dc.rightsopen accessen_US
dc.subject.otherÍndios Sul-Americanosen_US
dc.subject.otherAntropometriaen_US
dc.subject.otherTerénaen_US
dc.subject.otherBrasilen_US
dc.subject.otherSaúde de Populações Indígenasen_US
dc.subject.otherRegião Centro-Oesteen_US
dc.subject.otherMato Grosso do Sulen_US
dc.subject.otherSaúde da Criançaen_US
dc.subject.otherTerenaen_US
dc.subject.otherEstado Nutricionalen_US
dc.subject.otherAvaliação Nutricionalen_US
dc.subject.otherBaixa Estatura para Idadeen_US
dc.subject.otherBaixo Peso para Idadeen_US
dc.subject.otherCondições Socioeconômicasen_US
dc.subject.otherCrescimento Infantilen_US
dc.subject.otherCurvas de Crescimentoen_US
dc.subject.otherInquéritos Nutricionaisen_US
dc.subject.otherDesnutrição Infantilen_US
dc.subject.otherAlimentação e Nutriçãoen_US
dc.titleNutrição e saúde infantil em uma comunidade indígena Teréna, Mato Grosso do Sul, Brasilen_US
dc.title.alternativeChild health and nutrition in a Teréna indigenous community, Mato Grosso do Sul, Brazilen_US
dc.typeArticleen_US
dc.creator.affilliationUniversidade Federal de Mato Grosso do Sul. Centro de Ciências Biológicas e da Saúde. Departamento de Tecnologia de Alimentos e Saúde Pública. Campo Grande, MS, Brasil.en_US
dc.creator.affilliationUniversidade Católica Dom Bosco. Campo Grande, MS, Brasil.en_US
dc.creator.affilliationUniversidade Federal de Mato Grosso do Sul. Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas. Departamento de Computação e Estatística. Campo Grande, MS, Brasil.en_US
dc.creator.affilliationUniversidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública. Departamento de Nutrição. São Paulo, SP, Brasil.en_US
dc.description.abstractenThis paper describes the health and nutritional situation of South American Indian children from a Teréna community, characterizing their nutritional status, food consumption, and socioeconomic and environmental conditions. The sample included 100 children, ranging from 0 to 59 months of age and living in Aldeia Córrego do Meio, Mato Grosso do Sul. Prevailing nutritional deficits were: 8.0% for the weight-for-age index, 16.0% for height-for-age, and 5.0% for weight-for height. The growth deficit rate was higher than that of the Brazilian population as a whole, probably reflecting the precarious socioeconomic, environmental, and health conditions in this Teréna community. Analysis of the average nutrient sufficiency in the infant diet showed that nutritional recommendations for the different groups were not complied with. New studies, characterized as transdisciplinary and longitudinal, are necessary to better understand this process.en_US
dc.identifier.doi10.1590/S0102-311X2001000200007-
dc.subject.decsBrasilen_US
dc.subject.decsÍndios Sul-Americanosen_US
dc.subject.decsSaúde de Populações Indígenasen_US
dc.subject.decsAntropometriaen_US
dc.subject.decsSaúde da Criançaen_US
dc.subject.decsEstado Nutricionalen_US
dc.subject.decsAvaliação Nutricionalen_US
dc.subject.decsClasse Socialen_US
dc.subject.decsInquéritos Nutricionaisen_US
dc.subject.decsTranstornos da Nutrição Infantilen_US
dc.subject.decsAlimentos, Dieta e Nutriçãoen_US
Appears in Collections:AN - Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
148134762.pdf71.79 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.