Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/1380
Título: Saúde indígena: contribuição da Seção de Hepatologia do Instituto Evandro Chagas desde a década de 1980
Título(s) alternativo(s): Indigenous health: contribution of the Hepatology Section from Instituto Evandro Chagas since the 1980s
Autor(es): Nunes, Heloisa Marceliano
Soares, Manoel do Carmo Pereira
Afiliação: Instituto Evandro Chagas/SVS/MS. Seção de Hepatologia. Belém, PA, Brasil
Resumo: Os primeiros trabalhos desenvolvidos no Instituto Evandro Chagas (IEC) envolvendo populações indígenas datam do final da década de 1980, quando foram diagnosticados, sorologicamente, casos de hepatite B e D em indígenas da etnia Munduruku. A partir desse evento, várias pesquisas foram realizadas envolvendo as hepatites virais entre grupos indígenas na Amazônia brasileira, assim como um estudo sobre capilaríase hepática em grupos indígenas do Estado de Mato Grosso. O objetivo deste trabalho foi apresentar as pesquisas realizadas na Seção de Hepatologia do IEC desde a década de 1980 até a presente data. O artigo foi desenvolvido baseando-se em publicações existentes no acervo do IEC e em trabalhos publicados em revistas especializadas. Foram selecionados 11 estudos que envolveram as etnias indígenas Munduruku, Yanomami, Kanamary, Jamamadi, Parakanã, Nambikwara, Kithãulu, Negarotê e Xikrin, os quais revelaram o status da saúde desses indígenas. Essas pesquisas demonstraram o comprometimento da saúde dos índios de diferentes etnias na Amazônia, contribuindo para o conhecimento das doenças hepáticas nessas populações para controle e acompanhamento.
Resumo em inglês: The first studies carried out in the Instituto Evandro Chagas (IEC) involving indigenous populations are dated from the late 1980s, when cases of hepatitis B and D in the Munduruku indigenous ethnicity were diagnosed serologically. From that event, several studies were conducted involving viral hepatitis among indigenous groups in the Brazilian Amazon, as well as a study of hepatic capillariasis in indigenous groups of Mato Grosso State. The aim of this study was to present the researches at the Hepatology Section of the IEC, from the 1980s to nowadays. This study was developed based on publications from the scientific collection of IEC and in papers published in journals. Eleven studies that involved the indigenous ethnic groups Munduruku Yanomami Kanamary, Jamamadi, Parakanã, Nambikwara, Kithãulu, Negarotê and Xikrin were selected, which revealed their health condition. These researches showed health problems of Indians from different ethnic groups in the Amazon, contributing to the knowledge of liver diseases in these populations in order to control and monitor them.
Palavras-chave: Brasil
Índios Sul-Americanos
Saúde de Populações Indígenas
Epidemiologia
Revisão
Estudos Epidemiológicos
Doenças Infecciosas e Parasitárias
Hepatites
DeCS: Brasil
Índios Sul-Americanos
Saúde de Populações Indígenas
Epidemiologia
Revisão
Estudos Epidemiológicos
Doenças Transmissíveis
Doenças Parasitárias
Hepatite
Data do documento: 2016
Editor: Instituto Evandro Chagas
Referência: NUNES, Heloisa Marceliano; SOARES, Manoel do Carmo Pereira. Saúde indígena: contribuição da Seção de Hepatologia do Instituto Evandro Chagas desde a década de 1980. Revista Pan-Amazônica de Saúde, Ananindeua v. 7, n. ESP, p. 71-82, 2016.
DOI: 10.5123/s2176-62232016000500008
ISSN: 2176-6223
Fonte da publicação anterior: 10.5123/s2176-62232016000500008
2176-6223
Direito autoral: open access
Aparece nas coleções:EPI - Artigos de Periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
921040667.pdf1.21 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


O uso do material disponibilizado neste repositório deve ser feito de acordo e dentro dos limites autorizados pelos Termos de Uso.