Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/1441
Título: Diminui a araucária e a saúde enfraquece: extração madeireira e saúde Kaingang
Título(s) alternativo(s): Decrease the araucária and health fills: the wood extraction and health Kaingang
Autor(es): Gavério, Bruna Gama
Afiliação: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC, Brasil
Resumo: Habitada majoritariamente pelo povo Kaingang, a Terra Indígena Xapecó/SC está localizada no oeste do estado de Santa Catarina. A região passou por grandes mudanças socioeconômicas, culturais e ambientais desde a chegada de imigrantes europeus. As políticas desenvolvimentistas efetuadas pelo Estado no decorrer do contato estabelecido com as populações indígenas e transformações nas suas práticas culturais cotidianas ocorreram principalmente na dieta alimentar e na saúde do povo, isso em conjunto com a dinamicidade das culturas, sobretudo quando elas estão em constante interação. Na Terra Indígena Xapecó este contexto se dá após o ano de 1941 com a instalação do Posto Indígena, por meio do intervencionismo de estado com o Serviço de Proteção ao Índio.
Palavras-chave: Brasil
Índios Sul-Americanos
Saúde de Populações Indígenas
Região Sul
Santa Catarina
Kaingang
DeCS: Brasil
Saúde de Populações Indígenas
Índios Sul-Americanos
Hábitos Alimentares
Alimentos, Dieta e Nutrição
Data do documento: 2018
Editor: Centro de Memória do Oeste de Santa Catarina (CEOM/Unochapecó)
Referência: GAVéRIO, Bruna Gama. Diminui a araucária e a saúde enfraquece: extração madeireira e saúde Kaingang. Revista Cadernos do Ceom, v. 31, n. 48, p. 30-40, 2018.
DOI: 10.22562/2018.48.03
ISSN: 2175-0173
Direito autoral: open access
Aparece nas coleções:AN - Artigos de Periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
650882568.pdf2.22 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


O uso do material disponibilizado neste repositório deve ser feito de acordo e dentro dos limites autorizados pelos Termos de Uso.