Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/4361
Título: Da aldeia à favela: estudo da identidade de índios Pankararu no Real Parque
Orientador: Sandoval, Salvador Antonio Mireles
Autor(es): França, Vanessa Abdo
Afiliação: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Resumo: Apesar deste trabalho tratar de uma população indígena originalmente pernambucana, este tem como pano de fundo a cidade de São Paulo e suas idiossincrasias enquanto zona urbana, metropolitana e com graves desigualdades sociais. O objetivo foi realizar um estudo da Identidade de índios Pankararu residentes na Favela do Real Parque em São Paulo. Para abordar esse assunto foi realizada uma entrevista analisada de forma qualitativa, partindo do pressuposto de que são portadores de um discurso social. A análise do material foi feita à luz da Psicologia Social. Neste trabalho pode - se perceber que para os entrevistados, o que define ser índio Pankararu é a ascendência, que o local de nascimento não interfere na condição de ser índio, nem as características fenotípicas. Em relação aos não índios moradores da favela, ora há reconhecimento com a condição de morador de favela , ora há distanciamento dessa situação e uma total identificação com a etnia de origem. A identificação com a situação de morar em favela esta principalmente relacionada aos problemas enfrentados. Assim, a identidade indígena é importante para ir contra a naturalização da pobreza principalmente porque a condição de morador de favela enquanto identidade é armadilha que facilita a desconstrução da identidade Pankararu
Palavras-chave: Pankararu
Região Sudeste
São Paulo
DeCS: Brasil
Saúde de Populações Indígenas
Índios Sul-Americanos
Psicologia Social
Construção Social da Identidade Étnica
Data do documento: 2008
Referência: FRANÇA, Vanessa Abdo. Da aldeia à favela: estudo da identidade de índios Pankararu no Real Parque. 2008. 93 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia Social) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2008
Data de defesa: 2008
Local de defesa: São Paulo/SP
Departamento: Faculdade de Ciências Humanas e da Saúde
Instituição de defesa: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Programa: Programa de Pós Graduação em Psicologia Social
Direito autoral: open access
Aparece nas coleções:TR - Teses de Doutorado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
283668186.pdf276.52 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir
266651627.html27.49 kBHTMLVisualizar/Abrir


O uso do material disponibilizado neste repositório deve ser feito de acordo e dentro dos limites autorizados pelos Termos de Uso.