Please use this identifier to cite or link to this item: http://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/4517
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorBloch, Katia V.-
dc.contributor.authorCoutinho, Evandro da S. F.-
dc.contributor.authorLôbo, Maria Stella de C.-
dc.contributor.authorOliveira, José Egídio P. de-
dc.contributor.authorMilech, Adolfo-
dc.date.accessioned2021-08-11T13:42:50Z-
dc.date.available2021-08-11T13:42:50Z-
dc.date.issued1993-
dc.identifier0102-311X, 0102-311X, 1678-4464-
dc.identifier.citationBLOCH, Katia V.; et al. Pressão arterial, glicemia capilar e medidas antropométricas em uma população Yanomámi. Cad. Saúde Públ., Rio de Janeiro, v. 9, n. 4 , p. 428-438, 1993en_US
dc.identifier.urihttp://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/4517-
dc.description.abstractCom o objetivo de avaliar o comportamento da glicemia capilar e das pressões arteriais sistólica (PAS) e diastólica (PAD) em função de medidas antropométricas, foram examinados 72 Yanomámi adultos na Área de Relações Intercomunitárias de Surucucus, Estado de Roraima. A pressão arterial foi mais elevada nos homens do que nas mulheres (PAS = 109,8 mm Hg e 100,2 mm Hg; PAD = 71,2 mm Hg e 63,5 mm Hg, respectivamente). Não houve valores compatíveis com a hipertensão arterial. A PAS correlacionou-se negativamente com a idade e positivamente com altura, peso, índice de massa corporal (IMC) e circunferências abdominal e do quadril. O controle pelo IMC não alterou a correlação inversa entre PAS e idade. A correlação da PAS com a altura inverteu-se quando controlada pelo peso, enquanto o controle pela altura não alterou a correlação positiva entre peso e PAS. A PAD correlacionou-se positivamente com o peso e a altura. A glicemia foi significativamente mais elevada nas mulheres do que nos homens (114,1 mg/dl e 98,4 mg/dl, respectivamente). Controlando-se pelo peso, a circunferência abdominal correlacionou-se positivamente com a glicemia. Ao se controlar pela circunferência abdominal, o peso e o IMC correlacionaram-se inversamente com a glicemia. Os achados sugerem que, enquanto a PAS correlaciona-se principalmente com a massa corporal, a glicemia capilar está mais correlacionada com a concentração abdominal de gordura.en_US
dc.language.isoporen_US
dc.publisherEscola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca, Fundação Oswaldo Cruzen_US
dc.rightsopen accessen_US
dc.subject.otherYanomámien_US
dc.subject.otherRegião Norteen_US
dc.subject.otherRoraimaen_US
dc.subject.otherRegião Amazônicaen_US
dc.subject.otherYanomamien_US
dc.subject.otherAlimentação e Nutriçãoen_US
dc.titlePressão arterial, glicemia capilar e medidas antropométricas em uma população Yanomámien_US
dc.typeArticleen_US
dc.creator.affilliationHospital Universitário Clementino Fraga Filho (UFRJ). Serviço de Saúde Coletiva. Rio de Janeiro, RJ, Brasilen_US
dc.creator.affilliationEscola Nacional de Saúde Pública. Departamento de Epidemiologia e Métodos Quantitativos em Saúde. Rio de Janeiro, RJ, Brasilen_US
dc.creator.affilliationHospital Universitário Clementino Fraga Filho. Serviço de Saúde Coletiva. Rio de Janeiro, RJ, Brasilen_US
dc.creator.affilliationHospital Universitário Clementino Fraga Filho. Serviço de Saúde Coletiva. Rio de Janeiro, RJ, Brasilen_US
dc.creator.affilliationHospital Universitário Clementino Fraga Filho (UFRJ). Serviço de Nutrologia. Rio de Janeiro, RJ, Brasilen_US
dc.subject.decsEpidemiologia-
dc.subject.decsAntropometria-
dc.subject.decsÍndice de Massa Corporal-
dc.subject.decsBrasilen_US
dc.subject.decsSaúde de Populações Indígenasen_US
dc.subject.decsÍndios Sul-Americanosen_US
dc.subject.decsPressão Arterialen_US
dc.subject.decsAlimentos, Dieta e Nutriçãoen_US
Appears in Collections:AN - Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
223975935.pdf119.59 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.