Please use this identifier to cite or link to this item: http://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/523
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorMartoins, Cleide Lavieri Martins-
dc.contributor.authorRech, Patricia-
dc.date.accessioned2019-07-24T18:49:35Z-
dc.date.available2019-07-24T18:49:35Z-
dc.date.issued2008
dc.identifier.citationRECH, Patricia. Supervisão na formação profissional de agentes indígenas de saúde no Parque Indígena do Xingu. 2008. 200 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Universidade de São Paulo, Faculdade de Saúde Pública, São Paulo, 2008.
dc.identifier.urihttp://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/523-
dc.description.abstractA supervisão de agentes indígenas de saúde possui desafios específicos, entre eles a busca do diálogo entre os saberes tradicionais dos povos indígenas e os saberes do modelo biomédico ocidental. A supervisão é considerada uma atividade do processo de trabalho em saúde, que demonstra a quais finalidades se presta em função da necessidade de seu contexto histórico-social mais amplo e da saúde pública. O objetivo do estudo foi analisar o processo de supervisão dos agentes indígenas de saúde, seus componentes e especificidades. Procedemos a um estudo de caso do serviço de atenção primária na região do Médio e Baixo Xingu, Mato Grosso. Utilizamos a análise de conteúdo para o tratamento de dados secundários e primários: documentos institucionais sobre a formação de recursos humanos e entrevistas com agentes indígenas de saúde, lideranças indígenas, representantes da medicina tradicional e profissionais de saúde de nível universitário. As análises fundamentam-se no referencial teórico do processo de trabalho em saúde, com destaque para a supervisão de trabalhadores da saúde, e na abordagem da antropologia médica e relações interculturais. Apresentamos três grandes núcleos temáticos: os agentes do processo de trabalho em saúde indígena; concepções e práticas da supervisão; finalidades da supervisão e da formação profissional de agentes indígenas de saúde. A interculturalidade manifestou-se como característica que permeia todos os núcleos temáticos.en_US
dc.language.isopor-
dc.rightsopen accessen_US
dc.subject.otherBrasilen_US
dc.subject.otherÍndios Sul-Americanosen_US
dc.subject.otherRegião Norteen_US
dc.subject.otherAgentes Indígenas de Saúdeen_US
dc.subject.otherSaúde de Populações Indígenasen_US
dc.subject.otherCapacitação de Recursos Humanos em Saúdeen_US
dc.subject.otherFormação Profissional em Saúdeen_US
dc.subject.otherMato Grossoen_US
dc.subject.otherParque Indígena do Xinguen_US
dc.subject.otherRegião Amazônicaen_US
dc.subject.otherServiços de Saúde do Indígenaen_US
dc.subject.otherPolítica de Saúde Indígenaen_US
dc.titleSupervisão na formação profissional de agentes indígenas de saúde no Parque Indígena do Xingu
dc.typeDissertationen_US
dc.creator.affilliationUniversidade de São Paulo. São Paulo, SP, Brasil.en_US
dc.degree.grantorUniversidade de São Paulo . Faculdade de Saúde Públicaen_US
dc.degree.localSão Paulo/SPen_US
dc.degree.programPrograma de Pós-Graduação em Saúde Públicaen_US
Appears in Collections:AS - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
497084091.pdf1.31 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.