Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/5347
Título: O direito à saúde dos povos indígenas e o paradigma do reconhecimento
Autor(es): Sartori Junior, Dailor
Leivas, Paulo Gilberto Cogo
Resumo: A saúde dos povos indígenas no Brasil é prestada através de um subsistema inserido no Sistema Único de Saúde (SUS) e no Ministério da Saúde. Entretanto, por conta do paradigma do reconhecimento e das diretrizes analíticas do multiculturalismo contra-hegemônico, conclui-se que este direito deve ser garantido de forma intercultural. Este artigo, portanto, analisa as dificuldades de interação entre estes aspectos institucionais e interculturais
DeCS: Brasil
Saúde de Populações Indígenas
Índios Sul-Americanos
Direito à Saúde
Data do documento: 2017
Referência: SARTORI JUNIOR, Dailor; LEIVAS, Paulo Gilberto Cogo. O direito à saúde dos povos indígenas e o paradigma do reconhecimento. Revista Direito e Práxis, v. 8, n. 1, p. 86-117, 2017
DOI: 10.12957/dep.2017.22581
ISSN: 2179-8966
Aparece nas coleções:PSSI - Artigos de Periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
641684579.pdf288.04 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


O uso do material disponibilizado neste repositório deve ser feito de acordo e dentro dos limites autorizados pelos Termos de Uso.