Please use this identifier to cite or link to this item: http://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/5568
Title: Quem previne e quem cura? As traduções negociadas entre profissionais de saúde não indígenas e indígenas no Médio Xingu
Authors: Assumpção, Karine
Affilliation: Universidade Estadual de Campinas. Campinas, SP, Brasil
Abstract: Neste artigo, convido-os a refl etir sobre as relações em saúde com base em duas situações ocorridas no médio Xingu, no centro-oeste do Brasil, entre os anos de 2012 e 2013, período em que realizei minha pesquisa de campo junto ao Projeto Xingu, um programa de extensão do Departamento de Medicina Preventiva da Escola Paulista de Medicina (Universidade Federal de São Paulo), que atua na região desde 1965. O intuito é pensar, de forma multidimensional, as relações que dariam vida à chamada “atenção diferenciada”, preconizada pela Segunda Conferência Nacional de Saúde Indígena, de 1993, e reafi rmada na Política Nacional de Atenção à Saúde dos Povos Indígenas, de 2002, e pela Secretaria Especial de Saúde Indígena, criada em 2010. O intuito deste texto é contribuir para o debate sobre as possibilidades e limites deste princípio visto em situação e a partir do surgimento das chamadas traduções negociadas de cura
Abstract: In this manuscript, I invite you to refl ect on health relationships based on two situations that occurred in the middle Xingu, in the center-west of Brazil, between the years of 2012 and 2013, during which time I conducted my fi eld research with the Xingu Project, an extension program of the Department of Preventive Medicine of São Paulo Medical School (Federal University of São Paulo), which has been operating in the region since 1965. The intention is to think, in a multidimensional way, the relationships that would bring to life the so-called “differentiated attention” recommended by the Second National Conference on Indigenous Health, in 1993, and reaffi rmed in the National Policy on Attention to Indigenous Peoples Health, of 2002, and by the Special Secretariat of Indigenous Health, created in 2010. The purpose of this manuscript is to contribute to the debate about the possibilities and limits of this principle seen in loco and from the appearance of the so-called negotiated healing translations
Keywords: Mato Grosso
Região Amazônica
Região Centro-Oeste
Distrito Sanitário Especial Indígena
Atenção Diferenciada
Parque Indigena do Xingu
Intermedicalidade
Antropologia da Saúde
DeCS: Brasil
Saúde de Populações Indígenas
Índios Sul-Americanos
Medicina Tradicional
Sistemas Locais de Saúde
Serviços de Saúde do Indígena
Antropologia Médica
Assistência à Saúde Culturalmente Competente
Issue Date: 2017
Publisher: Universidade Estadual do Pará
Citation: ASSUMPÇÃO, Karine. Quem previne e quem cura? As traduções negociadas entre profissionais de saúde não indígenas e indígenas no Médio Xingu. Amazôn., Rev. Antropol. (Online), v. 9, n. 2, p. 678-698, 2017
metadata.dc.identifier.doi: 10.18542/amazonica.v9i2.5670
ISSN: 10.18542/amazonica.v9i2.5670
2176-0675
2176-0675
Other Identifiers: 10.18542/amazonica.v9i2.5670
2176-0675
Copyright: open access
Appears in Collections:ASMT - Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
503575505.pdf203.47 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.