Please use this identifier to cite or link to this item: http://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/5764
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorToledo, Renata Ferraz dept_BR
dc.contributor.authorGiatti, Leandro Luizpt_BR
dc.contributor.authorPelicioni, Maria Cecília Focesipt_BR
dc.date.accessioned2022-01-11T18:49:26Z-
dc.date.available2022-01-11T18:49:26Z-
dc.date.issued2012pt_BR
dc.identifier.citationTOLEDO, Renata Ferraz de; GIATTI, Leandro Luiz; PELICIONI, Maria Cecília Focesi. Mobilização social em saúde e saneamento em processo de pesquisa-ação em uma comunidade indígena no noroeste amazônico. Saúde e Sociedade, v. 21, n. 1, p. 206-218, mar. 2012.pt_BR
dc.identifier.issn0104-1290pt_BR
dc.identifier.urihttp://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/5764-
dc.description.abstractAs condições de vida dos habitantes de Iauaretê, área indígena no município de São Gabriel da Cachoeira, AM, têm sido afetadas negativamente devido à concentração populacional, ao precário saneamento e à manutenção de práticas sanitárias incompatíveis com essa realidade, sendo desejável, para melhoria da qualidade de vida da população, a implantação de sistemas de saneamento adequados às características socioculturais locais e a utilização de processos educativos com ênfase na mobilização social e no fortalecimento comunitário (empoderamento). O objetivo deste texto é relatar e discutir um curso de formação em saúde e saneamento, utilizando como estratégia a pesquisa-ação, voltada para a mobilização dos indígenas de Iauaretê, visando subsidiar outros estudos dessa natureza. Nos encontros foram abordados temas relacionados à saúde ambiental, construiu-se um Jornal Comunitário, os participantes do curso aplicaram entrevistas e elaboraram documentos reivindicatórios. Essa experiência propiciou aos participantes maior compreensão da problemática local e da importância da mobilização social para a interlocução com instituições governamentais responsáveis pela oferta de serviços de saneamento e para a busca de melhores condições de vida; aos pesquisadores e docentes do curso, a construção de um saber coletivo resultante da interação com os sujeitos da situação investigada, bem como pelo reconhecimento e ressignificação das representações destes, atendendo premissa fundamental da pesquisa-ação.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherFaculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo. Associação Paulista de Saúde Públicapt_BR
dc.rightsopen accesspt_BR
dc.subject.otherAmazonaspt_BR
dc.subject.otherRegião Nortept_BR
dc.subject.otherRegião Amazônicapt_BR
dc.subject.otherAlto Rio Negropt_BR
dc.subject.otherTrabalho em Saúdept_BR
dc.subject.otherPesquisa-açãopt_BR
dc.titleMobilização social em saúde e saneamento em processo de pesquisa-ação em uma comunidade indígena no noroeste amazônicopt_BR
dc.title.alternativeSocial mobilization in health and sanitation in an action research process in an indigenous community in Northwestern Amazonen_US
dc.typeArticleen_US
dc.creator.affilliationUniversidade de São Paulo. Faculdade de Educação. São Paulo, SP, Brasil / Universidade de São Paulo. Pró-Reitoria. Programa de Pós-Doutorado. São Paulo, SP, Brasil.pt_BR
dc.creator.affilliationUniversidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública. Departamento de Saúde Ambiental. São Paulo, SP, Brasil.pt_BR
dc.creator.affilliationUniversidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública. Departamento de Prática de Saúde Pública. São Paulo, SP, Brasil.pt_BR
dc.description.abstractenThe living conditions of the inhabitants of Iauaretê, an indigenous area in the municipality of São Gabriel da Cachoeira, State of Amazonas (Northern Brazil), have been negatively affected by population density, poor sanitation and maintenance of sanitation practices that are incompatible with that reality. To improve the population’s quality of life, sanitation systems that are adequate to the local socio-cultural characteristics should be implemented, as well as educational processes with emphasis on social mobilization and community empowerment. The aim of this paper is to report and discuss a training course on health and sanitation using action research, directed to the mobilization of the Iauaretê indigenous people, with the objective of assisting other studies of this nature. In the meetings, issues related to environmental health were discussed, a Community Newspaper was constructed, the course participants made interviews and drew up claims documents. This experience has enhanced the participants’ understanding of local problems and of the importance of social mobilization for the dialogue with governmental institutions that are responsible for providing sanitation services and for seeking better living conditions. The researchers and teachers of the training course benefitted from the construction of collective knowledge resulting from interaction with subjects of the investigated situation and from the recognition and redefinition of their representations, fulfilling the fundamental premise of action research.en_US
dc.identifier.eissn1984-0470pt_BR
dc.identifier.doi10.1590/S0104-12902012000100020pt_BR
dc.subject.decsBrasilpt_BR
dc.subject.decsÍndios Sul-Americanospt_BR
dc.subject.decsSaúde de Populações Indígenaspt_BR
dc.subject.decsEcossistema Amazônicopt_BR
dc.subject.decsSaneamentopt_BR
dc.subject.decsEducação em Saúdept_BR
dc.subject.decsPesquisa Qualitativapt_BR
dc.subject.decsMobilização Social-
dc.subject.decsParticipação Popular-
dc.subject.enSocial Mobilizationen_US
dc.subject.enPopular Participationen_US
dc.subject.enAction Researchen_US
dc.subject.enSanitationen_US
dc.subject.enIndigenous communityen_US
Appears in Collections:TR - Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ve_Renata_Toledo_etal_FEUSP_2012.pdfArtigo em Português604.86 kBAdobe PDFView/Open
608043468.pdfArtigo em Inglês610.98 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.