Please use this identifier to cite or link to this item: http://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/582
Title: A saúde bucal do povo indígena Xukuru do Ororubá na faixa etária de 10 a 14 anos
Other Titles: The oral health of the indigenous people Xukuru do Ororubá in age group 10-14 years
Advisor: Moreira, Rafael da Silveira
Authors: Mauricio, Herika de Arruda
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães. Recife, PE, Brasil
Abstract: Introdução: Este trabalho busca difundir conhecimento acerca das condições de saúde bucal de povos indígenas no Brasil, especialmente na região nordeste e no Estado de Pernambuco. A partir do povo Xukuru do Ororubá, que constitui o maior contingente populacional étnico indígena no Estado de Pernambuco, realizou-se um estudo epidemiológico buscando melhor compreender a configuração do padrão de saúde bucal. Objetivo: Analisar a ausência de cárie e fatores associados do povo indígena Xukuru do Ororubá na faixa etária de 10 a 14 anos. Método: Trata-se de um estudo de corte transversal de base populacional, desenvolvido nos limites da Terra Indígena Xukuru no período de janeiro a março de 2010. Foram realizados exames bucais em um total de 233 indígenas da faixa etária de 10 a 14 anos. Os dados coletados foram estruturados no software Epi-Info versão 3.4 (2007), sendo utilizado o programa estatístico SPSS 13.0(R) para análise descritiva dos dados. Posteriormente, no sentido de medir o efeito dos fatores associados à ausência de cárie, foram testados modelos log-lineares de Poisson multiníveis com o auxílio do programa estatístico MLwiN 2.02(R). Resultados: Os exames bucais realizados identificaram Índice CPO-D médio de 2,38 (±2,62). Entre todos os indivíduos examinados, 26,61 por cento apresentaram-se livres de cárie. A análise múltipla revelou associação das variáveis menor média de habitantes por domicílio nas aldeias, menor número de moradores por domicílio, maior renda per capita, menor idade, sexo feminino, saber ler e escrever, maior satisfação com os dentes/boca, não deixar de dormir devido a problemas bucais, nunca ter ido ao dentista, não ocorrência de dor de dente e não necessitar de tratamento odontológico com a ausência de cárie. Conclusão: O estudo possibilitou quantificar a força de associação dos aspectos contextuais e individuais sobre a saúde bucal do povo indígena Xukuru do Ororubá
Keywords: Brasil
Índios Sul-Americanos
Saúde de Populações Indígenas
Região Nordeste
Epidemiologia
Pernambuco
Saúde Bucal
Estudos Epidemiológicos
Índice CPO
Condições Socioeconômicas
Xukuru
Saúde do Adolescente
Inquéritos de Saúde Bucal
Issue Date: 2012
Citation: Mauricio, Herika de Arruda. A Saúde Bucal do povo indígena Xukuru do Ororubá na faixa etária de 10 a 14 anos. 2012. 99 f. Dissertação (Mestrado Acadêmico em Saúde pública) - Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães, Fundação Oswaldo Cruz, Recife, 2012.
Place of defense: Recife/PE
Defense institution: Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães
Program: Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública
Copyright: open access
Appears in Collections:EPI - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
217084542.pdf2.09 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.