Please use this identifier to cite or link to this item: http://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/5977
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorPereira, Nilza de Oliveira Martins-
dc.contributor.authorBrito, José André Moura de-
dc.contributor.authorAlbieri, Sonia-
dc.contributor.authorDias, Antonio José Ribeiro-
dc.contributor.authorSantos, Ricardo Ventura-
dc.date.accessioned2022-01-24T17:55:03Z-
dc.date.available2022-01-24T17:55:03Z-
dc.date.issued2009-
dc.identifier.citationPEREIRA, Nilza de Oliveira Martins; et al. Como tratar os dados da amostra do Censo Demográfico 2000 na obtenção de estimativas para os “indígenas”? Um estudo a partir das Terras Indígenas Xavante, Mato Grosso. R. bras. Est. Pop., Rio de Janeiro, v. 26, n. 2, p. 183-195, jul./dez. 2009en_US
dc.identifier.issn0102-3098-
dc.identifier.urihttp://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/5977-
dc.description.abstractA demografia dos povos indígenas no Brasil é ainda muito pouco conhecida nos seus mais diversos aspectos. Nos últimos anos, vem acontecendo uma ampliação de interesse pelo tema, com a publicação de diversos estudos sobre demografia dos “indígenas” com base nos dados censitários. Uma dificuldade metodológica importante diz respeito à expansão da amostra dos censos, já que as terras indígenas não foram definidas originalmente como áreas de ponderação. Este trabalho apresenta estimativas para as variáveis do questionário da “amostra”, considerando um conjunto de setores censitários pertencentes a terras indígenas e utilizando como estudo de caso as Terras Xavante localizadas no leste de Mato Grosso, constituídas por seis áreas não-contíguas. Trata-se de um exercício metodológico que visa comparar e avaliar as estimativas produzidas segundo os pesos gerados na época de divulgação do Censo 2000 e os novos pesos calculados a partir de metodologia aqui apresentada. Do ponto de vista metodológico, esse procedimento é inovador, pois pode ser útil para estimar, com base nos dados da amostra do Censo 2000, características de áreas nãocontíguas e diferentes daquelas definidas para a expansão da amostra como originalmente realizada e divulgada pelo IBGEen_US
dc.language.isoporen_US
dc.publisherAssociação Brasileira de Estudos Populacionaisen_US
dc.rightsopen accessen_US
dc.subject.otherMato Grossoen_US
dc.subject.otherRegião Amazônicaen_US
dc.subject.otherRegião Centro-Oesteen_US
dc.subject.otherXavanteen_US
dc.subject.otherCenso Demográficoen_US
dc.titleComo tratar os dados da amostra do Censo Demográfico 2000 na obtenção de estimativas para os “indígenas”? Um estudo a partir das Terras Indígenas Xavante, Mato Grossoen_US
dc.typeArticleen_US
dc.creator.affilliationInstituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Diretoria de Pesquisas. Rio de Janeiro, RJ, Brasilen_US
dc.creator.affilliationInstituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Coordenação de Qualidade e Métodos. Rio de Janeiro, RJ, Brasilen_US
dc.creator.affilliationInstituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Coordenação de Qualidade e Métodos. Rio de Janeiro, RJ, Brasilen_US
dc.creator.affilliationInstituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Coordenação de Qualidade e Métodos. Rio de Janeiro, RJ, Brasilen_US
dc.creator.affilliationFundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública. Rio de Janeiro, RJ, Brasil/ Universidade Federal do Rio de Janeiro. Museu Nacional. Departamento de Antropologia. Rio de Janeiro, RJ, Brasilen_US
dc.identifier.doi10.1590/S0102-30982009000200003-
dc.subject.decsBrasilen_US
dc.subject.decsSaúde de Populações Indígenasen_US
dc.subject.decsÍndios Sul-Americanosen_US
dc.subject.decsCensosen_US
dc.subject.decsAmostragemen_US
Appears in Collections:DCS - Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
509963843.pdf674.14 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.