Please use this identifier to cite or link to this item: http://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/597
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorPimenta, Adriano Marçal-
dc.contributor.authorMazzeti, Camila Medeiros da Silva-
dc.date.accessioned2019-08-07T19:43:42Z-
dc.date.available2019-08-07T19:43:42Z-
dc.date.issued2015-
dc.identifier.citationMAZZETI, Camila Medeiros da Silva. Estado nutricional dos indígenas Pataxó de 5 aldeias de Minas Gerais, Brasil. 2015. 105 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem e Nutrição) - Escola de Enfermagem e Nutrição, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2015-
dc.identifier.urihttp://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/597-
dc.description.abstractNo último censo populacional brasileiro, os indivíduos que se autodeclararam indígena foi de 896,9 mil, sendo 305 etnias diferentes. O contexto social desses povos é marcado por situação de vulnerabilidade. Trata-se de um estudo epidemiológico, transversal e descritivo, com o objetivo de avaliar o estado nutricional, o perfil sociodemográfico, econômico, o saneamento básico e a formade obtenção de alimentos, dos indígenas das 5 aldeias Pataxó em Minas Gerais. A amostra foi constituída de 294 indivíduos, de todas as faixas etárias, dos quais foram coletados dados demográficos, socioeconômicos, de saneamento básico, de obtenção de alimentos e dados antropométricos (peso, altura e circunferência de cintura). As variáveis foram coletadas através de questionário validado para a população indígena brasileira. As medidas antropométricas foramcoletadas segundo padrões da Organização Mundial da Saúde, e o estado nutricional foi classificado também segundo a mesma entidade, sendo avaliados 255 indivíduos (87,4% da população). Realizou-se análise descritiva (frequências absolutas e relativas) e bivariada (testes de qui-quadrado e exato de Fisher, teste de t-Student e ANOVA) com nível de significância de 5% (p<0,05). Observou-se que a população é jovem; apesar alto número de famílias recebedoras de benefícios sociais, parte relevante apresentava boas condições de moradia no que se refere ao tipo de material utilizado na construção, acesso à energia elétrica, coleta regular de lixo por prefeituras e o destino dos dejetos eram em fossas sépticas. Grande parte das famílias obtinha seus alimentos, especialmente, via compras de mercados próximos e a partir de produção para consumo familiar (cultivo, criação de animais e pesca). Não se observaram déficits estatural e ponderal na infância eas prevalências de excesso de peso foram: crianças 2,9% (Índice de Massa Corporal/Idade); adolescentes 9,7% (Índice de Massa Corporal/Idade); adultos - 48,1% em homens e 64,3% em mulheres (Índice de Massa Corporal); idosos - 16,7% em homens e 50,0% em mulheres (Índice de Massa Corporal). Altas prevalências de Circunferência de Cintura aumentada foram observadas em os indivíduos adultos e idosos (90,3% nas mulheres e 29,9% nos homens). Revelou-se perfil nutricional favorável na infância e altas prevalências de excesso de peso e de gordura central desde a adolescência. Um perfil sociodemográfico favorável também foi observado, com acesso a serviços como energia elétrica e coleta de lixo, moradias em boas condições, porém, as condições de saneamento básico, principalmente em relação ao tratamento da água ainda precisam melhorias e expansão. Visa-se com esse estudo, subsidiar políticas públicas de saúde e segurança alimentar eampliar discussões sobre saúde e nutrição indígenas no país.-
dc.language.isopor-
dc.rightsopen accessen_US
dc.subject.otherBrasil-
dc.subject.otherÍndios Sul-Americanos-
dc.subject.otherSaúde de Populações Indígenas-
dc.subject.otherRegião Sudeste-
dc.subject.otherAntropometria-
dc.subject.otherMinas Gerais-
dc.subject.otherEstado Nutricional-
dc.subject.otherPataxós-
dc.titleEstado nutricional dos indígenas Pataxó de 5 aldeias de Minas Gerais, Brasil-
dc.typeDissertationen_US
dc.contributor.advisorcoCastro, Teresa Gontijo de-
dc.degree.grantorUniversidade Federal de Minas Gerais . Escola de Enfermagem e Nutrição-
dc.degree.localBelo Horizonte/MG-
dc.subject.decsAntropometria-
dc.subject.decsEstado Nutricional-
dc.subject.decsSaúde de Populações Indígenas-
dc.subject.decsÍndios Sul-Americanos-
Appears in Collections:AN - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
466177797.pdf1.18 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.