Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/642
Título: Modos de beber em áreas indígenas no Mato Grosso do Sul: aproximações entre a psicologia social e perspectivas kaiowá e guarani
Orientador: Gonçalves, Maria da Graça Marchina
Autor(es): Moretti, Leandro Lucato
Resumo: As bebidas alcoólicas e os modos de beber estão presentes no cotidiano atual dos Kaiowá e Guarani e são frequentemente relacionados a diversos dos problemas enfrentados por estes grupos, como a violência interna entre parentes. Porém, é preciso compreender, que apesar da introdução das bebidas destiladas ter sido feita por parte dos colonos que chegavam aos territórios tradicionalmente ocupados pelos Kaiowá, já existiam bebidas fermentadas próprias desses grupos que eram consumidas por diferentes razões, pautadas na cosmologia e no modo de vida ideal. Nesse sentido, no trabalho que aqui segue, foi traçado como objetivo geral conhecer, descrever e registrar processos de alcoolização e os diferentes sentidos e significados elaborados internamente, pelos grupos Kaiowa e Guarani a respeito do consumo de bebidas, mais especificamente na aldeia Panambizinho. Para tal, o método utilizado, de inspiração etnográfica, permitiu aproximação das percepções e perspectivas próprias desses grupos indígenas. A partir das diferentes entradas em campo realizadas, foi possível perceber que as bebidas assumem diversas potências relacionadas ao bem viver desses grupos, como a sociabilidade, construção do corpo e saúde, entre outros. Apesar de transformações e mudanças geradas pelo contato com o modo de vida ocidental, ainda é possível perceber permanências nos modos de beber, que podem se configurar como formas de resistência perante as violências características desse contato interétnico.
Palavras-chave: Brasil
Índios Sul-Americanos
Saúde de Populações Indígenas
Região Centro-Oeste
Mato Grosso do Sul
Guarani
Etnografia
Kaiowá
Consumo de Bebidas Alcoólicas
Guarani Kaiowá
Pesquisa Qualitativa
Alcoolização
Psicologia Social
DeCS: Saúde de Populações Indígenas
Etnografia
Consumo de Bebidas Alcoólicas
Psicologia Social
Pesquisa Qualitativa
Data do documento: 2017
Referência: MORETTI, Leandro Lucato. Modos de beber em áreas indígenas no Mato Grosso do Sul: aproximações entre a psicologia social e perspectivas kaiowá e guarani. 2017. 148 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia Social) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2017
Local de defesa: São Paulo/SP
Instituição de defesa: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Direito autoral: open access
Aparece nas coleções:TR - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
536259196.pdf1.82 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


O uso do material disponibilizado neste repositório deve ser feito de acordo e dentro dos limites autorizados pelos Termos de Uso.