Please use this identifier to cite or link to this item: http://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/6593
Title: Glicemia capilar casual alterada e fatores associados em indígenas Wari' do Sudoeste da Amazônia, Brasil
Advisor: Ott, Ari Miguel Teixeira
Authors: Hang, Adriana Tavares
Co-advisor: Barbirato, Davi da Silva
Affilliation: Fundação Universidade Federal de Rondônia. Porto Velho, RO, Brasil
Abstract: Estudos têm apontado que as mudanças nos padrões alimentares, escassez de recursos socioeconômicos, redução das terras cultiváveis e do nível de atividade física têm impactado as condições de saúde das populações indígenas, levando ao ganho de peso e desenvolvimento de doenças crônicas não transmissíveis. O objetivo deste estudo foi verificar a frequência de glicemia casual alterada e fatores associados, em indígenas Wari’ com idade maior ou igual a 18 anos, residentes em aldeias Terra Indígena Igarapé Lage e da Terra Indígena Igarapé Ribeirão, situadas nos municípios de Guajará Mirim e Nova Mamoré, estado de Rondônia, Brasil. Trata-se de um estudo transversal de base populacional, com coleta dos dados entre dezembro de 2015 e dezembro de 2016, utilizando um questionário adaptado do inquérito nacional de saúde e nutrição dos povos indígenas. Realizamos aferição da pressão arterial, dosagem de glicemia capilar casual, além de medidas antropométricas (peso, estatura, cálculo do índice de Massa Corpórea (IMC) e aferição da circunferência abdominal). Após dupla digitação dos dados, utilizou-se o programa SPSS versão 21.0 para análise estatística. Realizou-se análise descritiva (frequências absolutas e relativas) e bivariada (testes de Qui-quadrado, Yates, e teste ANOVA) com nível de significância de 5% (p<0,05) além da correlação de Pearson. Foram entrevistados e examinados 300 indivíduos de ambos os sexos (149 mulheres), a prevalência de diabetes foi 1,7% e 4% para hipertensão arterial Do total de cinco indivíduos que apresentaram diabetes, três encontravam-se na faixa etária de 18 a 29 anos e não usavam hipoglicemiante oral. Do total de 13 hipertensos, quatro se encontravam na faixa etária maior ou igual a 60 anos e cinco faziam uso de antihipertensivo. Quanto à classificação do IMC, dois dos diabéticos e quatro dos hipertensos apresentavam sobrepeso. Comparando esses resultados com estudos semelhantes realizado no ano de 2009 com indígenas da região Norte, observou-se que houve um aumento significativo na média da glicemia capilar casual. Quanto aos hipertensos não se identificou diferença significativa entre tais estudos ou mesmo com a média nacional observada na população indígena. Comparando o resultado deste estudo ao último inquérito nacional entre os povos indígenas e com outra pesquisa realizada no ano de 2007 com a etnia Wari’, verificamos que houve aumento na prevalência de sobrepeso e obesidade, o que constitui importante alerta para a emergência das doenças crônicas não transmissíveis nessa população. Acreditamos que os Wari’ necessitam manter o acompanhamento principalmente quanto à monitorização glicêmica e nutricional a fim de detecção precoce do diabetes mellitus e melhor controle do peso corporal visando prevenir distúrbios cardiometabólicos e suas complicações a curto e longo prazo.
Abstract: Studies have pointed out that changes in dietary patterns, scarcity of socioeconomic resources, reduction of arable land and level of physical activity have impacted the health conditions of indigenous populations, leading to weight gain and the development of chronic noncommunicable diseases. The objective of this study was to verify the frequency of altered casual blood glucose and associated factors in Wari 'Indians aged 18 years or older living in villages Igarapé Lage Indigenous Land and Igarapé Ribeirão Indigenous Territory, located in the municipalities of Guajará Mirim and Nova Mamoré, state of Rondônia, Brazil. It is a cross-sectional population-based study, with data collection between December 2015 and December 2016, using a questionnaire adapted from the national health and nutrition survey of indigenous peoples. We performed blood pressure measurements, random capillary blood glucose measurements, and anthropometric measures (weight, height, calculation of Body Mass Index (BMI) and abdominal circumference). After double typing of the data, the SPSS software version 21.0 was used for statistical analysis. Descriptive analysis (absolute and relative frequencies) and bivariate (Chi-square, Yates, and ANOVA tests) were performed with a significance level of 5% (p <0.05) in addition to Pearson's correlation. 300 subjects of both sexes (149 women) were interviewed and examined, the prevalence of diabetes was 1.7% and 4% for arterial hypertension. Of the total of five individuals who had diabetes, three were in the age range of 18 to 29 Years and did not use oral hypoglycemic. Of the total of 13 hypertensive patients, four were in the age group greater than or equal to 60 years and five were taking antihypertensive drugs. Regarding BMI classification, two of the diabetics and four of the hypertensive individuals were overweight. Comparing these results with similar studies carried out in the year 2009 with Indians from the North region, it was observed that there was a significant increase in the mean of the capillary blood sugar. As for the hypertensive individuals, no significant difference was identified between these studies or even with the national average observed in the indigenous population. Comparing the results of this study with the last national survey among indigenous peoples and with another survey carried out in 2007 with the Wari 'ethnic group, we found that there was an increase in the prevalence of overweight and obesity, which is an important warning for the emergence of chronic diseases Noncommunicable diseases in this population. We believe that the Wari 'need to keep track of glucose and nutritional monitoring for the early detection of diabetes mellitus and better control of body weight in order to prevent cardiometabolic disorders and their complications in the short and long term
Keywords: Região Norte
Região Amazônica
Rondônia
Wari
Alimentação e Nutrição
DeCS: Brasil
Saúde de Populações Indígenas
Índios Sul-Americanos
Antropometria
Diabetes Mellitus
Alimentos, Dieta e Nutrição
Issue Date: 2017
Citation: HANG, Adriana Tavares. Glicemia capilar casual alterada e fatores associados em indígenas Wari' do sudoeste da Amazônia, Brasil. 2017. 99 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente) - Fundação Universidade Federal de Rondônia. Porto Velho, RO, 2017
metadata.dc.degree.date: 2017
Place of defense: Porto Velho/RO
metadata.dc.degree.department: Núcleo de Ciências Exatas e da Terra
Defense institution: Universidade Federal de Rondônia
Program: Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente
Copyright: open access
Appears in Collections:AN - Dissertações de Mestrado



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.