Please use this identifier to cite or link to this item: http://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/6640
Title: Alimentos, restrições e reciprocidade no ritual Xavante do Wapté mnhõno (Terra Indígena Marãiwatsédé, Mato Grosso)
Advisor: Katz, Esther Fernande Rose
Authors: Silva, Sayonara
Co-advisor: Dias, Terezinha Aparecida B.
Affilliation: Universidade de Brasília. Brasília, DF, Brasil
Abstract: A presente pesquisa apresenta de forma breve um levantamento sobre o sistema alimentar do povo indígena Xavante da terra indígena Marãiwatsédé (Mato Grosso, Brasil) incluindo as formas de obtenção de alimentos na contemporaneidade. O estudo foi realizado durante o ritual do wapté mnhõno (iniciação de jovens) e está focado nos alimentos consumidos durante este período, destacando a dieta alimentar dos watewá (jovens batendo água) no Datsi´waté (rito de bater água) e as relações de troca-reciprocidade envolta dos alimentos a partir da observação da relação entre as mães dos watewá com o Dazaniwá (ancião responsável por cuidar dos jovens durante o Datsi´waté). O povo Xavante de Marãiwatsédé passa pelo processo de territorialização se adaptando a uma nova maneira de viver na terra indígena mais desmatada da Amazônia Legal. A pesquisa apresenta um panorama sobre o processo de desterritorialização vivenciado por esse grupo desde o contato oficial (1950), perpassando pela demarcação da terra (1993), até os dias atuais, utilizando para realização da pesquisa método etnográfico por meio de observação participante e direta, entrevistas informais/não estruturadas e semi-estruturadas, bem como dados bibliográficos.
Abstract: This research presents a brief survey on the food system of the Xavante people from the indigenous land Marãiwatsédé located in the state of Mato Grosso – Brasil, including their various ways to obtain food in current times. The study was conducted during an initiation rite for youngsters called wapté mnhõno and focused on food consumed during this particular event, including the diet of the watewá (initiated youngsters) and the trading-reciprocity relationships concerning food, identified from the observation of the relationships between the watewá’s mothers and the Dazaniwá (elder who is responsible for the youngsters during the rite). The Xavante people from Marãiwatsédé are going through a long territorialization process with the need to adapt to a new way of life in the most deforested indigenous land in the Legal Amazon. This research also presents an overview of this process, starting from the first official contact with whites in 1950, passing through to the demarcation of their lands in 1993 and finally their present situation. The researcher adopted the ethnographic method based on direct and participant observation, on informal/non-structured and semi-structured interviews and on bibliographic data.
Keywords: Brazil
Health of Indigenous Peoples
Indians, South American
Anthropology, Cultural
Food System
Territorialization
Keywords: Região Centro-Oeste
Mato Grosso
Região Amazônica
Xavante
Cosmologia
Rituais
Territorialização
Alimentação e Nutrição
DeCS: Brasil
Saúde de Populações Indígenas
Índios Sul-Americanos
Hábitos Alimentares
Antropologia Cultural
Alimentos, Dieta e Nutrição
Issue Date: 2013
Citation: SILVA, Sayonara. Alimentos, restrições e reciprocidade no ritual Xavante do Wapté mnhõno (Terra Indígena Marãiwatsédé, Mato Grosso). 2013. 189 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade de Brasília, Brasília, 2013
metadata.dc.degree.date: 2013
Place of defense: Brasília, DF
Defense institution: Universidade de Brasília
Program: Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Sustentável
Copyright: open access
Appears in Collections:AN - Dissertações de Mestrado



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.