Please use this identifier to cite or link to this item: http://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/6671
Title: Nascimento na sociedade Bororo: Saberes e fazeres no tecer do corpo da mulher
Advisor: Grando, Beleni Saléte
Authors: Medeiros, Renata Marien Knupp
Affilliation: Universidade Federal de Mato Grosso
Abstract: Nota-se, nos últimos anos, uma maior afluência de gestantes indígenas para dar à luz nos centros urbanos. Contudo, observa-se que, na lógica hegemônica de funcionamento do sistema hospitalar, pautado no modelo biomédico, a atenção oferecida ao parto e nascimento contrasta com as práticas tradicionais indígenas e com a forma como os corpos são percebidos nas suas diferentes culturas. Atualmente, vivem em Mato Grosso (MT) 42.525 indígenas pertencentes a 43 diferentes povos. Nesse contingente, o povo Bororo soma 2.348 indivíduos e têm seus territórios localizados em cinco diferentes municípios. O presente estudo teve como objetivo compreender os processos de educação tradicional inscrita no corpo Bororo no que se refere à concepção, gestação, parto e pós-parto. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, do tipo etnográfica, que integra a linha de pesquisa Movimentos Sociais, Política e Educação Popular do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFMT. Para a coleta de dados, utilizou-se da observação participante, diário de campo e entrevistas etnográficas. O sujeito foi a população Bororo da aldeia de Córrego Grande, localizada no município de Santo Antônio do Leverger-MT. Com base nos contatos realizados neste espaço, houve a indicação de mulheres que vivenciaram a gestação e o parto, bem como anciãos e anciãs que educam e cuidam destas mulheres. De posse do material coletado, os dados foram organizados em duas categorias principais. A primeira delas refere-se aos processos de educação tradicional, que se inscrevem no corpo Bororo antes, durante e após o período gestacional, e a segunda trata das práticas biomédicas introduzidas após a institucionalização do parto Bororo. Os resultados obtidos indicam que o processo de educação do corpo Bororo é contínuo e ocorre no coletivo da aldeia, sendo transmitido por meio da oralidade, corporeidade e observação, sendo facilitada pela relação intergeracional. Durante o período gravídico-puerperal, a educação Bororo dedica-se a tecer corpos saudáveis, o que está relacionado com o ensinamento de valores morais e éticos, e o faz mediante a prática de resguardos e um conjunto de prescrições e proibições que, se não cumpridas, podem afetar a saúde dos pais e da criança, além de impactar o desenvolvimento da pessoa. Após o contato com o modelo médico oficial, a população Bororo passou a acessar tanto os saberes tradicionais como os saberes biomédicos no que se refere à concepção, gestação, parto e pós-parto. Contudo, o crescente processo de medicalização têm gerado incompreensões, principalmente pelas contradições existentes entre a atenção hospitalar oferecida e as expectativas dessa sociedade. O fato de algumas práticas tradicionais não serem mais realizadas atualmente, em substituição a outras, típicas do modelo biomédico, leva à percepção, entre os Bororo, de que o corpo de hoje não é o mesmo de antigamente. Assim, a presente pesquisa pretende trazer contribuições para que se possa questionar a prática hegemônica do atual modelo de atenção ao parto, bem como oferecer subsídios para a reflexão crítica da importância e necessidade do estabelecimento de um diálogo intercultural na atenção à saúde indígena, em especial aquela destinada ao ciclo gravídico puerperal.
Keywords: Bororo
Mato Grosso
Região Centro-Oeste
Cultura Indígena
DeCS: Brasil
Saúde de Populações Indígenas
Índios Sul-Americanos
Antropologia Cultural
Corpo Humano
Cultura
Medicalização
Nascimento
Issue Date: 2015
Citation: MEDEIROS, Renata Marien Knupp. Nascimento na sociedade Bororo: saberes e fazeres no tecer do corpo da mulher. 2015. 152 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Mato Grosso, Instituto de Educação, Cuiabá, 2015
Place of defense: Cuiabá/MT
Defense institution: Universidade Federal de Mato Grosso, Instituto de Educação
Program: Programa de Pós-Graduação em Educação
Appears in Collections:ASMT - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Nascimento na sociedade Bororo: Saberes e fazeres no tecer do corpo da mulher1.45 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.