Please use this identifier to cite or link to this item: http://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/6672
Title: Kaingang. Um Estudo Etnobotânico: O uso das Plantas na Área Indígena Xapecó (Oeste de Santa Catarina)
Advisor: Langdon, Esther Jean
Authors: Haverroth, Moacir
Affilliation: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC, Brasil
Abstract: Pesquisa realizada na Área Indígena Xapecó, oeste de SC, investigando o uso e os sistemas de nomenclatura e classificação das plantas pelos Kaingang, especialmente as consideradas medicinais (vcnh-kagta). Como objetivos, destacam-se a investigação do(s) principio(s) que orientam a classificação Kaingang das plantas e os critérios seguidos para isso, o registro da nomenclatura e das categorias de classificação, levantamento, identificação e catalogação das plantas usadas como medicinais, análise de possíveis relações entre a categorização das plantas e as categorias kamõ e kanhru, referentes as duas metades clànicas Kaingang. Três sistemas particulares de classificação são percebidos, de acordo com diferentes critérios: morfo^ecológie©, utilitário e simbólico. A pesquisa de campo consistiu no acompanhamento sistemático e regular do trabalho de diversos especialistas em cura Kaingang e outras pessoas da Al. Foram registradas as nomenclaturas Kaingang e comum de quase duzentas plantas e dados sobre seu uso e propriedades. A nomenclatura denota características morfológicas e ecológicas das plantas e aspectos culturais do grupo relacionados ao uso das plantas para fins diversos, além dos significados simbólicos de certas espécies. O esquema de classificação morfo-ecológico apresenta três categorias mais abrangentes, em torno de 130 categorias de nível médio e cerca de 80 categorias mais específicas. A análise, sistematização e quantificação dessas categorias baseia-se nos tipos de lexemas que rotulam as plantas. O sistema utilitário obedece a dois princípios básicos: a finalidade ou objetivo a ser alcançado e segundo o beneficiário, cada princípio gerando uma série de categorias de plantas-remédio. O sistema simbólico categoriza as plantas segundo a cosmologia dual do grupo. A partir de um panorama da situação geral da AI, algumas questões são discutidas visando uma reflexão e busca de propostas para viabilizar melhoria das condições de vida na AI.
Abstract: lt’s a research made in the Xapecó Indian Area (IA), located in the west of Santa Catarina State, to investigate the use, denomination and classification systems o f plants used by the Kaingang Indians, specially plants considered medicinais (vcnh-kagta). As objectives, \ve can emphasize the investigation of the principies that guide the Kaingang plants classification and the followed criterion for this classification, the register o f the denomination and the classification, survey, identification and cataloging categories of plants that are used as medicinais, the possible analysis o f relationships between the plants categorization and the kamõ and kanhru categories, concerning to the two Kaingang clanicals parts. There are three particular classification systems according to different criterions: morpho-ecological, profitable and symbolical. The field research was consisted in the systematic and regular attendance of the work o f many Kaingang cure specialists and other people o f the IA. The Kaingang and the usual denominations o f almost two hundred plants and informations about their use and properties were registered. The denomination indicates morphological and ecological caracteristics of the plants and cultural aspects o f the group related to the plants use for many kinds o f purposes, besides the symbolical meanings o f some species. The morpho-ecological classification scheme presents three more embracing categories, about 130 medium levei categories and about 80 more specific categories. The analysis, systematization and quantification of these categories are based on the type of lexemes that labei the plants. the profitable system obeys two basic principies: the purpose or objective to be reached and according to the beneficiary, each o f these principies creating many categories of plants-medicin. The symbolical system categorizes plants according to the dual cosmology o f the group. From a view of the IA’s general situation, some questions are dicussed in order to make a reflection and to get proposals aiming to improve life conditions in the IA.
Keywords: Brazil
Health of Indigenous Peoples
Indians, South American
Ethnobotany
Plants, Medicinal
Medicine, Traditional
Keywords: Kaingang
Santa Catarina
Região Sul
Cosmologia
Etnotaxonomia
Etnoclassificação
DeCS: Brasil
Saúde de Populações Indígenas
Índios Sul-Americanos
Plantas Medicinais/Classificação
Medicina Tradicional
Etnobotânica
Issue Date: 1997
Citation: HAVERROTH, Moacir. Kaingang. Um Estudo Etnobotânico: O uso das Plantas na Área Indígena Xapecó (Oeste de Santa Catarina). 1997. 205 f. Dissertação (Mestrado em Antropologia) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 1997
metadata.dc.degree.date: 1997
Place of defense: Florianópolis, SC
Defense institution: Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas
Program: Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social
Copyright: open access
Appears in Collections:TR - Dissertações de Mestrado



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.