Please use this identifier to cite or link to this item: http://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/6676
Title: Prazer e padecer: a alcoolização entre os Tembé Tenetehara de Santa Maria do Pará
Advisor: Beltrão, Jane Felipe
Authors: Garcia, Telma Eliane
Affilliation: Universidade Federal do Pará. Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social. Belém, PA, Brasil
Abstract: O consumo de bebidas alcoólicas adquire relevância crescente por tornar-se uma das principais causas de mortalidade entre os indígenas no Brasil. A produção científica sobre os modos de consumo de álcool entre os indígenas é insipiente, configurando-se insuficiente para dar sustentabilidade a políticas que privilegiem a diversidade cultural. Este estudo levantou esta questão emergente da ordenação social entre os Tembé Tenetehara de Santa Maria do Pará, em uma perspectiva de interdisciplinaridade, conjugando as concepções da Teoria Compreensiva em abordagem hermenêutica e dialética com procedimentos metodológicos da Teoria da Comunicação. As várias situações e discursos analisados configuram uma polissemia de vozes e de sentires em ambiguidade que percorrem do encontro com o prazer, à resultância do sofrer. Um cruzamento interdisciplinar que triangulou os discursos elencados, os dados de um mapeamento em saúde e as observações dos efeitos biológicos, sociais e culturais dos regimes etílicos agenciados neste grupo, compôs a análise final. Apesar dos efeitos desastrosos resultantes do apagamento que o contato interético impôs aos Tembé Tenetehara de Santa Maria, a possibilidade de uma ‘resistência’ desenha atualmente, uma modalidade característica no processo de alcoolização neste grupo étnico, que de maneira geral, convive com um relativo equilíbrio em suas formas de beber, não se referindo ao uso de bebidas alcoólicas como problemático para a comunidade, exceto para alguns indivíduos mais idosos e eventualmente para os jovens. Os padrões e carreiras alcoólicas criados em cada grupo étnico, induzem a compreensão da cultura como algo que tanto condiciona, compele e constrange, quanto algo que se inventa, cria e se improvisa e que imprime a diversidade, caracterizando ‘o beber’ em cada grupo, única e diversa de qualquer outro.
Abstract: The alcohol consumption is becoming highly important for becoming a leading cause of mortality among indigenous people in Brazil. The scientific production on the ways of alcohol consumption among indigenous people is ignorant, being insufficient to give sustainability to policies that favor cultural diversity. This study raised this emerging issue of social order among the Tembé Tenetehara of Santa Maria do Pará, in an interdisciplinary perspective, combining the concepts of the Comprehensive Theory in hermeneutic and dialectical approach with methodological procedures of Communication Theory. The various situations and analyzed speeches constitute a polysemy of voices and feelings in ambiguity, which runs through the encounter with the pleasure to the result of suffering. An interdisciplinary crossing using triangulation of the listed speeches, the data from a health mapping and observations of biological, social and cultural effects of ethyl schemes provided in this group, composed the final analysis. Despite the disastrous effects resulted of erasing the interethnic contact imposed on Tembé Tenetehara of Santa Maria, the possibility of a 'resistance' currently draws a characteristic mode in the development of alcoholism in this ethnic group, who generally lives with a relative balance in their ways of drinking, not referring to the use of alcohol as problematic for the community, except for some older individuals and eventually to young people. Standards and alcoholic careers created in each ethnic group induce the understanding of culture as something that conditions, compels and constrains, as well as something that invents, creates and improvises and puts the diversity, characterizing 'drinking' in each group, as unique and different from any other
Keywords: Brazil
Health of Indigenous Peoples
Indians, South American
Keywords: Região Norte
Região Amazonica
Pará
Tenetehára
Uso de Bebidas Alcoólicas
DeCS: Brasil
Saúde de Populações Indígenas
Índios Sul-Americanos
Alcoolismo
Issue Date: 2015
Citation: GARCIA, Telma Eliane. Prazer e padecer: a alcoolização entre os Tembé Tenetehara de Santa Maria do Pará. 2015. 231 f. Tese (Doutorado em Antropologia Social) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Belém, 2015
metadata.dc.degree.date: 2015
Place of defense: Belém/PA
Defense institution: Universidade Federal do Pará, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas
Program: Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social
Copyright: open access
Appears in Collections:TR - Teses de Doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Prazer e padecer: a alcoolização entre os Tembé Tenetehara de Santa Maria do Pará2.7 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.