Please use this identifier to cite or link to this item: http://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/6677
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorLeonzo, Nanci-
dc.contributor.authorLacerda, Léia Teixeira-
dc.date.accessioned2022-03-21T19:43:39Z-
dc.date.available2022-03-21T19:43:39Z-
dc.date.issued2004-
dc.identifier.citationLACERDA, Léia Teixeira. A mulher Terena em tempos de AIDS: um estudo de caso da aldeia Limão Verde, município de Aquidauana – MS. 2004. 98 f. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campus de Dourados, Dourados, 2004en_US
dc.identifier.urihttp://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/6677-
dc.description.abstractEsta pesquisa vida descrever como os comportamentos sexuais e privados são vivenciados historicamente pelo povo Terena da Aldeia Indígena Limão Verde, localizada no município de Aquidauana - MS. Essa descrição nos dará subsídios para a compreensão a respeito das condições de saúde das mulheres Terena em relação aos comportamentos sexuais de riscos referente ao contágio da AIDS, no período temporalmente demarcado entre 1980 a 2000, dando prioridade às representações simbólicas da doença na comunidade e a forma pela qual essas representações têm sido percebidas no dia-a-dia das mulheres. As fontes utilizadas na investigação foram a Política de Atenção à Saúde dos Povos Indígenas, os registros das Oficinas de Prevenção as DSTs e AIDS realizadas em 1998, as sessões de entrevistas orais com as mulheres que participaram das Oficinas na aldeia e os Boletins Epidemiológicos publicados pelo Ministério da Saúde do Brasil no período acima mencionado. Os dados foram analisados numa perspectiva da história do tempo presente e contribuições da história indígena, assim como, as ponderações sociais e psicológicas da doença. Defendemos a idéia de que o pesquisador ao investigar e descrever a história da AIDS, entre diferentes atores sociais depara-se com um tempo e um espaço histórico de sucessivas mudanças, tanto nas reações imunológicas e nas categorias do contágio, quanto no aspecto histórico e social da doença. Os resultados desta reflexão revelaram que a AIDS, também, deverá deixar para a humanidade lições e experiências contraditórias para a educação dos sentidos, tanto de homens como de mulheres, índios e não-índios, uma delas, sem dúvida, será a aprendizagem da prevenção do comportamento sexual de risco, que requer amadurecimento nas relações sexuais e afetivas, desvinculadas das marcas hipócritas da burguesia do século XIX, estudadas por Gay (1988), como forma do avanço individual e coletivo de proteção à vida humana.en_US
dc.language.isoporen_US
dc.rightsopen accessen_US
dc.subject.otherMato Grosso do Sulen_US
dc.subject.otherMulheres Indígenasen_US
dc.subject.otherRegião Centro-Oesteen_US
dc.subject.otherTerenaen_US
dc.subject.otherAIDS/prevençãoen_US
dc.titleA mulher Terena em tempos de AIDS: um estudo de caso da aldeia Limão Verde, município de Aquidauana – MSen_US
dc.typeDissertationen_US
dc.creator.affilliationUniversidade Federal de Mato Grosso do Sul. Programa de Pós-Graduação em História. Dourados, MS, Brasilen_US
dc.degree.grantorUniversidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campus de Douradosen_US
dc.degree.date2004-
dc.degree.localDourados/MSen_US
dc.degree.programPrograma de Pós-Graduação em Históriaen_US
dc.description.abstractenThis research seeks to describe how the sexual and private behaviors are lived historically by the Terena people of the Green Lemon Indigenous Village , located in the municipal district of Aquidauana town (MS). This description will give us subsidies for the understanding, regarding the conditions of the Terena women's health in relation to the sexual behaviors of risks concerning the infection of AIDS, in the period from 1980 to 2000, giving priority to the symbolic representations of the disease in the community and the form by which those representations have been noticed in the women's day by day. The sources used in the investigation were the Politics concerning the Health of the Indigenous People, the registrations of the Workshops of Prevention to STDs (Sexual Transmitted Diseases) and AIDS accomplished in 1998, the sessions of oral interviews with the women who participated at the Workshops in the village and the Epidemic Bulletins published by Ministry of Health of Brazil in the mentioned period. The data were analyzed in a perspective of the history of the present time using contributions of the indigenous history, as well as, the social and psychological considerations of the disease. We defend the idea that the researcher when investigating and describing the history of AIDS, among different social actors comes across a time and a historical space of successive changes, as much in the immune system reactions and in the categories of the infection, as in the historical and social aspect of the disease. The results of this reflection revealed that AIDS, also, will give to the human beings lessons and contradictory experiences for the education of the senses of the men and of the women, Indians and noIndians, one of them, out of question, it will be the learning of the prevention of the sexual behavior of risk, that requests ripening in the sexual and affectionate relationships, disentailed of the hypocritical marks of the bourgeoisie of the XIX century, studied by Gay (1988), as form of the individual and collective progress of protection to the human lifeen_US
dc.subject.decsBrasilen_US
dc.subject.decsSaúde de Populações Indígenasen_US
dc.subject.decsÍndios Sul-Americanosen_US
dc.subject.decsSaúde da Mulheren_US
dc.subject.decsSexualidadeen_US
dc.subject.decsComportamento Sexualen_US
dc.subject.decsSíndrome de Imunodeficiência Adquirida /prevenção & controleen_US
dc.subject.enBrazilen_US
dc.subject.enHealth of Indigenous Peoplesen_US
dc.subject.enIndians, South Americanen_US
dc.subject.enPrevention of the AIDSen_US
Appears in Collections:DIP - Dissertações de Mestrado



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.