Please use this identifier to cite or link to this item: http://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/6705
Title: Parto tradicional do povo Pataxó HãHã Hãe
Advisor: Pena, Erica Dumont
Authors: Moraes, Sara Santos
Co-advisor: Sierra, Luz Alba Ballen
Affilliation: Universidade Federal de Minas Gerais. Faculdade de Educação. Belo Horizonte, MG, Brasil
Abstract: O parto tradicional indígena é importante por ocorrer no aconchego familiar, promover o cuidado da mãe e do bebê com respeito e carinho a partir dos cuidados tradicionais da parteira, que com sua experiência transmite segurança e promove assim uma recuperação rápida e um começo de vida com mais saúde. O objetivo principal deste trabalho foi analisar o saber tradicional Pataxó Hã hã hãe sobre a gestação, o parto e o nascimento, como um saber histórico e cultural. O presente trabalho foi uma missão a mim confiada pela minha saudosa avó paterna, através de um sonho. No inicio relutei pois sabia que não seria fácil, por se tratar de uma área diferente da que atuo, com o passar dos dias percebi que o saber tradicional está inserido em todas as nossas vivências e passei então a me dedicar e a colocar em prática o desenvolvimento deste trabalho através de entrevistas as parteiras, anciãos, mulheres grávidas, como minha filha e minha nora, também foi realizada roda de conversa e atividades com os alunos do Estágio V EJA noturno e os alunos do 3º Ano do Ensino Médio do Colégio Estadual da Aldeia Indígena Caramuru. Os resultados desses encontros foram organizadas de acordo com as falas das entrevistadas, as quais possuem saberes próprios, constituídos na suas histórias de vida, são elas: Dona Lizinha, Hideíldes, Maria Muniz. E também a partir da minha experiência com o parto tradicional e da roda de conversa. Os relatos apresentados nesta pesquisa demonstram que o parto tradicional está presente no povo Pataxó HãHãHãe, mesmo após a colonização e os procedimentos médicos do ocidente terem chegado as aldeias. A presença do parto tradicional é muito importante porque ela pode contribuir para combater a violência que hoje as mulheres vivem na maioria dos hospitais, provocando depressão pós-parto. Para a índia Pataxó HãHãHãe a gravidez é uma esperança para seu povo permanecer vivo e passar por violência durante o parto, ameaça ainda mais a expectativa de vida porque, deste modo, não se sabe se o seu bebê vai ter uma vida longa ou vai crescer forte
Keywords: Brazil
Health of Indigenous Peoples
Indians, South American
Keywords: Autoria Indígena
Resgate Cultural
Parteiras
Pataxó Hã-Hã-Hãe
DeCS: Brasil
Saúde de Populações Indígenas
Índios Sul-Americanos
Tocologia
Issue Date: 2019
Citation: MORAES, Sara Santos. Parto tradicional do povo Pataxó HãHã Hãe. 2019. 39 f. TCC (Licenciatura) - Faculdade de Educação, Universidade Federal de Minas Gerais, Pau Brasil, BA, 2019
metadata.dc.degree.date: 2019
Place of defense: Pau Brasil/BA
metadata.dc.degree.department: Faculdade de Educação
Defense institution: Universidade Federal de Minas Gerais
Program: Curso de Licenciatura Intercultural para Educadores Indígenas
Copyright: open access
Appears in Collections:ASMT - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Parto tradicional do povo Pataxó HãHã Hãe994.99 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.