Please use this identifier to cite or link to this item: http://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/6815
Title: Inquérito sorológico para a infecção por Toxoplasma gondii em ameríndios isolados, Mato Grosso
Other Titles: Serological survey of Toxoplasma gondii infection in isolated Amerindians, Mato Grosso
Authors: Amendoeira, Maria Regina Reis
Sobral, Cleide Aparecida Queiroz
Teva, Antonio
Lima, Josué Nazareno de
Klein, Carlos Henrique
Affilliation: Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz. Departamento de Protozoologia. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz. Departamento de Protozoologia. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Instituto Oswaldo Cruz. Departamento de Imunologia. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Ministério da Saúde. Programa Nacional de Doenças Sexualmente Transmissíveis e AIDS. Unidade de Diagnóstico Assistência e Tratamento Brasília, DF, Brasil.
Fundação Oswaldo Cruz. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Departamento de Epidemiologia e Métodos Quantitativos em Saúde. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Abstract: Este estudo determinou a ocorrência de anticorpos anti-Toxoplasma gondii em população indígena do Mato Grosso, os Enawenê-Nawê. Estes habitam uma vasta região selvagem, com raros contatos com não-índios. Não apresentam animais domésticos, inclusive gatos. A dieta é baseada em insetos, mandioca, milho, mel e fungos e não se alimentam de carne, exceto de peixe. Com base no exposto, desenvolveu-se análise sorológica, por meio de ELISA – IgG e IFI – IgG e IgM. De 148 soros, 80,4% foram ELISA ou IFI- IgG positivos. Não foram detectados casos de IgM reagentes. Nesse grupo as taxas de soropositividade aumentaram significativamente com a idade, de 50% a 95%. Analisando-se os hábitos e costumes, aliados à alta soropositividade encontrada, sugere-se que a presença de felinos silvestres nas imediações da aldeia e coleções de água poderia ter papel importante como fonte de infecção, contaminando o solo e, conseqüentemente, os insetos e fungos consumidos pelos índios.
Abstract: This study determined the occurrence of the antibodies anti-Toxoplasma gondii among the EnawenêNawê, an indigenous population of Mato Grosso. These inhabit a vast wild area, with rare contacts with nonIndians. They do not keep domestic animals, including cats. Their diet is based on insects, cassava, corn, honey and mushrooms, they do not consume meat, except fish. Based on the above, serologic tests ELISA– IgG and indirect fluorescent antibody test for IgG/IgM were performed. From 148 samples, 80.4% positive for IgG by ELISA or indirect fluorescent antibody test. No IgM reagent cases were detected. In that group the seropositivity rates increased significantly with age from 50% to 95%. Having analyzed their customs and habits, together with the high seropositivity found, it is suggested that the presence of wild felines in the vicinity of the village and areas where water collects could play an important role as an infection source, contaminating soil and consequently insects and mushrooms consumed by the Indians.
Keywords: Indigenous populations
Epidemiology
Toxoplasmosis
Keywords: Mato Grosso
Região Centro-Oeste
Enawenê-Nawê
DeCS: Brasil
Índios Sul-Americanos
Saúde de Populações Indígenas
Epidemiologia
Toxoplasmose
Issue Date: 2003
Publisher: Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT
Citation: AMENDOEIRA, Maria Regina Reis et al. Inquérito sorológico para a infecção por Toxoplasma gondii em ameríndios isolados, Mato Grosso. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, v. 36, n. 6, p. 671-676, nov./dez. 2003.
Description: Agradecemos à Operação Amazônia Nativa (OPAN) pelo fornecimento dos dados epidemiológicos, a Regiane Trigueiro Vicente pelo amparo técnico e ao CNPq pelo apoio financeiro.
metadata.dc.identifier.doi: 10.1590/S0037-86822003000600005
ISSN: 0037-8682
Copyright: open access
Appears in Collections:EPI - Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
196041917.pdf125.46 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.