Please use this identifier to cite or link to this item: http://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/6819
Title: Prevalência de parasitos intestinais e aspectos socioambientais em comunidade indígena no Distrito de Iauaretê, Município de São Gabriel da Cachoeira (AM), Brasil
Authors: Rios, Leonardo
Cutolo, Silvana Audrá
Giatti, Leandro Luiz
Castro, Mário de
Rocha, Aristides Almeida
Toledo, Renata Ferraz de
Pelicioni, Maria Cecília Focesi
Barreira, Luciana Pranzetti
Santos, Jéferson Gaspar dos
Affilliation: Centro Universitário de Araraquara. Araraquara, SP, Brasil
Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública. São Paulo, SP, Brasil
Universidade de São Paulo. Instituto de Ciências Matemáticas e Computação. São Paulo, SP, Brasil
Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública. São Paulo, SP, Brasil
Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia. Manaus, A, Brasil
Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública. São Paulo, SP, Brasil
Faculdade de Tecnologia Flamingo. São Paulo, SP, Brasil
Centro de Patologia Clínica Campana. São Paulo, SP, Brasil
Abstract: Situado em Terra Indígena do Alto Rio Negro, Iauaretê é o segundo maior pólo de concentração humana no município de São Gabriel da Cachoeira (AM) e agrega dez vilas, com 15 etnias. Esse distrito indígena vem sofrendo processo de transformação progressiva de padrão de ocupação disperso e ribeirinho para núcleo com feições urbanas, com aproximadamente 2700 habitantes, desencadeando problemas de saúde pública. Com objetivo de investigar a distribuição de prevalências de parasitos intestinais na população local e discutir a relação desse indicador de saúde com aspectos socioambientais no distrito de Iauaretê, foram realizadas análises da qualidade da água de abastecimento e exames parasitológicos em amostras de fezes e solo. Do total de amostras de água analisadas, 89,2% apresentaram resultado positivo para coliformes termotolerantes. Identificou-se que a vila Dom Bosco foi a que apresentou maior índice de prevalência em amostras fecais com 76% dos indivíduos parasitados. A vila São José apresentou o menor índice com 56%. Os parasitos mais prevalentes em amostras fecais positivas foram, em ordem decrescente, Ascaris lumbricoides (64,84%), Entamoeba coli (32,58%), Endolimax nana (14,84%) e Blastoyistis hominis (13,39%). Em amostras de solo as prevalências mais significativas foram de ovos de Ascaris sp (52,6%), cistos de Entamoeba coli (52,6%) e larvas de ancilostomídeos (52,6%). Concluiuse que os altos índices de parasitoses intestinais na população, aliados à falta de saneamento básico e à manutenção de práticas sanitárias tradicionais constituem um quadro preocupante em saúde pública
Abstract: The Iauaretê District is the second largest human concentration centre in the municipality of São Gabriel da Cachoeira, state of Amazonas. Situated in Alto Rio Negro Indigenous Land, on the border between Brazil and Colombia, Iauaretê aggregates ten villages, encompassing 15 ethnic cultures. This indigenous district has been undergoing a process of progressive transformation from a disperse and riparian occupation pattern into a settlement with urban features, with approximately 2,700 inhabitants, triggering public health problems. Aiming to investigate the distribution of the prevalence of intestinal parasites in the local population and to discuss the relation between this health indicator and socio-environmental aspects in the Iauaretê district, the quality of the drinking water was analyzed and parasitological exams of excreta and soil samples were conducted. Of the total of analyzed water samples, 89.2% showed positive result for thermotolerant coliforms. The Dom Bosco village was the one presenting the highest prevalence index in excreta samples, with 76% of the individuals infested. The São José village presented the lowest index (56%). The most prevalent parasites were, in decreasing order: Ascaris lumbricoides (64.84%), Entamoeba coli (32.58%), Endolimax nana (14.84%), and Blastoyistis hominis (13.39%). The most significant prevalences of parasites in soil samples were Ascaris sp eggs (52.6%), Entamoeba coli cysts (52.6%) and hookworms larvae (52.6%). In conclusion, high indexes of intestinal parasitism in the population, together with lack of basic sanitation and maintenance of traditional sanitary practices are matters of concern in the public health area
Keywords: Brazil
Health of Indigenous Peoples
Indians, South American
Environmental Health
Parasitic Diseases
Keywords: Região Amazônica
Amazonas
Região Norte
DeCS: Brasil
Saúde de Populações Indígenas
Índios Sul-Americanos
Saúde Ambiental
Doenças Parasitárias
Issue Date: 2007
Publisher: Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo. Associação Paulista de Saúde Pública
Citation: RIOS, Leonardo; CUTOLO, Silvana Audrá; GIATTI, Leandro Luiz; CASTRO, Mário de; ROCHA, Aristides Almeida; TOLEDO, Renata Ferraz de; PELICIONI, Maria Cecília Focesi; BARREIRA, Luciana Pranzetti; SANTOS, Jéferson Gaspar dos. Prevalência de parasitos intestinais e aspectos socioambientais em comunidade indígena no Distrito de Iauaretê, Município de São Gabriel da Cachoeira (AM), Brasil. Saúde e Sociedade, São Paulo, v. 16, n. 2, p. 76-86, 2007.
metadata.dc.identifier.doi: 10.1590/S0104-12902007000200008
ISSN: 0104-1290
Copyright: open access
Appears in Collections:DIP - Artigos de Periódicos



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.