Please use this identifier to cite or link to this item: http://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/6883
Title: Estado nutricional e condições ambientais e de saúde de crianças Pataxó, Minas Gerais, Brasil
Authors: Santos, Anabele Pires
Mazzeti, Camila Medeiros da Silva
Franco, Maria do Carmo Pinho
Santos, Nicole Louise Gonzaga Oliveira
Conde, Wolney Lisboa
Leite, Maurício Soares
Pimenta, Adriano Marçal
Villela, Lenice de Castro Mendes
Castro, Teresa Gontijo de
Affilliation: Universidade Federal de São Paulo. Escola Paulista de Medicina. São Paulo, SP, Brasil
Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública. São Paulo, SP, Brasil
Universidade Federal de São Paulo. Escola Paulista de Medicina. São Paulo, SP, Brasil
Universidade Federal de Minas Gerais. Escola de Enfermagem. Belo Horizonte, MG, Brasil
Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública. São Paulo, SP, Brasil
Universidade Federal de Santa Catarina. Departamento de Nutrição. Florianópolis, SC, Brasil
Universidade Federal de São Paulo. Escola Paulista de Medicina. São Paulo, SP, Brasil
Universidade Federal de São Paulo. Escola Paulista de Medicina. São Paulo, SP, Brasil
University of Auckland. Centre for Longitudinal Research. Auckland, New Zealand
Abstract: Descrever o estado nutricional e as condições ambientais e de saúde das crianças Pataxó de cinco aldeias de Minas Gerais, Brasil. O estado nutricional foi classificado com base no peso e estatura/comprimento, tendo como referência o padrão de crescimento da Organização Mundial da Saúde. Questionários baseados no I Inquérito Nacional de Saúde e Nutrição dos Povos Indígenas foram utilizados para a avaliação das condições ambientais dos domicílios e de saúde dos menores de cinco anos. Dos 70 menores de dez anos avaliados (93,3%), 34 tinham menos de cinco anos. Não se observaram déficits nutricionais e sobrepeso foi registrado para 11,4% das crianças. A maioria das crianças (74,3%) vivia em domicílios com energia elétrica, 95% em domicílios com latrina/sanitário e 52,9% lançavam dejetos em fossa séptica. A realização de seis ou mais consultas de pré-natal foi reportada por 82,4% das mães dos menores de cinco anos, e 91,2% iniciaram o pré-natal no primeiro trimestre de gestação. Dentre as causas de internações hospitalares nos últimos 12 meses (23,5%), somente uma foi devido à diarreia e nenhuma por causa de infecções respiratórias. Foram verificadas coberturas universais para a maioria das vacinas avaliadas. A inexistência de déficits nutricionais entre as crianças Pataxó pode estar associada às melhores condições de habitação, saneamento e cobertura das ações básicas de saúde infantil quando comparadas às condições verificadas no I Inquérito Nacional de Saúde e Nutrição dos Povos Indígenas e de estudos pontuais. Este trabalho pretende subsidiar discussões e ações que visem a melhorias do estado nutricional infantil dos indígenas no Brasil
Keywords: Brazil
Health of Indigenous Peoples
Indians, South American
Nutritional Status
Anthropometry
Keywords: Minas Gerais
Região Sudeste
Pataxó
Alimentação e Nutrição
DeCS: Brasil
Saúde de Populações Indígenas
Índios Sul-Americanos
Estado Nutricional
Antropometria
Alimentos, Dieta e Nutrição
Issue Date: 2018
Publisher: Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Citation: SANTOS, Anabele Pires; et al. Estado nutricional e condições ambientais e de saúde de crianças Pataxó, Minas Gerais, Brasil. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 34, n. 6, p. e00165817, 2018.
metadata.dc.identifier.doi: 10.1590/0102-311x00165817
ISSN: 0102-311X
Copyright: open access
Appears in Collections:AN - Artigos de Periódicos



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.