Please use this identifier to cite or link to this item: http://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/7186
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorShimada, M. H.-
dc.contributor.authorMiyasaki, M. L.-
dc.contributor.authorMazini, R. G.-
dc.contributor.authorKussaba, S. T.-
dc.contributor.authorPessan, J. P.-
dc.contributor.authorDelbem, A. C. B.-
dc.date.accessioned2022-07-18T17:46:51Z-
dc.date.available2022-07-18T17:46:51Z-
dc.date.issued2013-
dc.identifier.citationSHIMADA, M. H. et al. O-o20PG - Hiperplasia epitelial focal em criança indígena Yanomami: relato de caso. Archives of Health Investigation, v. 2, p. 38, 2013.en_US
dc.identifier.issn2317-3009-
dc.identifier.urihttp://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/7186-
dc.description.abstractA hiperplasia epitelial focal ou doença de Heck é uma enfermidade rara, benigna que afeta a mucosa oral de crianças e adultos jovens de diversas regiões do mundo e em diferentes grupos étnicos, como indígenas e esquimós. Apresenta correlação com o papilomavírus humano (HPV) no qual os tipos 13 e 32 têm sido detectados nessas lesões. O relato de caso é uma criança de 10 anos de idade, gênero feminino, descendente de indígenas da etnia Yanomami, que compareceu ao atendimento odontológico no pólo-base de Auaris, localizado no território indígena Yanomami no município de Amajari, estado de Roraima, exibindo lesões na mucosa labial superior e inferior; e na língua bem definidas, arredondadas, planas. As lesões foram submetidas à biópsias incisionais, sendo constatado no exame histopatológico fragmentos de mucosa revestida por epitélio estratificado pavimentoso paraqueratinizado exibindo intensa acantose com formação de cristais epiteliais e células com alterações coilocíticas. O tratamento varia desde o simples acompanhamento do caso, uma vez que a doença tende a regredir espontaneamente e/ou persistir por muitos anos, até o tratamento cirúrgico que fica restrito aos casos em que há comprometimento estético. Neste caso, optou-se pelo acompanhamento do caso, o qual apresenta-se estável após 3 meses de proservação.en_US
dc.language.isoporen_US
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"en_US
dc.rightsopen accessen_US
dc.subject.otherRoraimaen_US
dc.subject.otherYanomamien_US
dc.subject.otherRelato de Casoen_US
dc.subject.otherHiperplasia Epitelial Focalen_US
dc.titleO-o20PG - Hiperplasia epitelial focal em criança indígena Yanomami: relato de casoen_US
dc.typeArticleen_US
dc.creator.affilliationN/Ten_US
dc.creator.affilliationN/Ten_US
dc.creator.affilliationN/Ten_US
dc.creator.affilliationN/Ten_US
dc.creator.affilliationN/Ten_US
dc.creator.affilliationN/Ten_US
dc.subject.decsBrasilen_US
dc.subject.decsÍndios Sul-Americanosen_US
dc.subject.decsSaúde de Populações Indígenasen_US
dc.subject.decsSaúde da Criançaen_US
dc.subject.decsPapilomavírus Humanoen_US
Appears in Collections:TR - Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
595864183.pdf237.31 kBAdobe PDFView/Open
540087064.html17.22 kBHTMLView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.