Please use this identifier to cite or link to this item: http://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/751
Title: Obesidade e fatores associados entre os adultos Xavante, Mato Grosso, Brasil
Advisor: Coimbra Junior, Carlos Everaldo Alvares
Authors: Tavares, Felipe Guimarães
Co-advisor: Cardoso, Andrey Moreira
Welch, James Robert
Abstract: Introdução: A obesidade é considerada um importante problema de saúde pública na atualidade, constituindo-se um fator de risco para diversas doenças não transmissíveis. Entre os povos indígenas no Brasil, a emergência de obesidade tem sido associada a mudanças nos padrões de alimentação, de atividade física e de exposição a determinantes sociais da saúde, em geral relacionados à história de contato com sociedades não indígenas. Este estudo teve por objetivo descrever a ocorrência de obesidade e fatores associados em adultos indígenas Xavante. Métodos: Trata-se de um inquérito nutricional realizado na população Xavante das terras indígenas Pimentel Barbosa e Wedezé ≥ 15 anos, estado do Mato Grosso, Brasil Central, no período de junho a agosto de 2011. Foram investigadas oito das 10 aldeias existentes no território. Coletaram-se dados antropométricos, de bioimpedância e socioeconômicos. Resultados: Participaram deste estudo 479 indivíduos e de ambos os sexos, correspondendo a 92,4% da população alvo. O índice de massa corporal apresentou média de 26,9kg/cm2 (DP: 3,8). Mais da metade da população apresentava excesso de peso (sobrepeso: 43,0%; obesidade 20,9%). No modelo de regressão, as prevalências de obesidade foram maiores nos indivíduos com idade entre 20 e 49 anos, em indivíduos morando em domicílios com nível médio de consumo de alimentos de cultivo e criação, e morando em domicílios com nível baixo de consumo de alimentos de coleta, caça e pesca. Essas prevalências também foram maiores em indivíduos classificados nos níveis médio e alto do indicador socioeconômico de bens de casa, estimado por análise fatorial. Foram observadas fortes correlações do índice de massa corporal, do perímetro da cintura e do percentual de gordura corporal entre si e com medidas de peso e dobras cutâneas (tricipital e subescapular). Conclusão: A obesidade é um problema de saúde presente entre os Xavante, estando associada a fatores socioeconômicos e padrões de subsistência e consumo alimentar. Faz-se necessária à criação e implementação de políticas públicas de saúde e nutrição voltadas para estes povos, principalmente no âmbito da prevenção das doenças e agravos não transmissíveis, atentando para suas especificidades culturais.
Keywords: Brasil
Índios Sul-Americanos
Saúde de Populações Indígenas
Região Amazônica
Epidemiologia
Região Centro-Oeste
Xavante
Antropometria
Estudos Epidemiológicos
Índice de Massa Corporal
Estado Nutricional
Avaliação Nutricional
Sobrepeso e Obesidade
Comportamento Alimentar
Doenças Endócrinas, Nutricionais e Metabólicas
Condições Socioeconômicas
Doenças Crônicas não Transmissíveis
Sedentarismo
Alimentação e Nutrição
DeCS: Brasil
Índios Sul-Americanos
Saúde de Populações Indígenas
Região Amazônica
Epidemiologia
Antropometria
Índice de Massa Corporal
Avaliação Nutricional
Comportamento Alimentar
Doenças Crônicas não Transmissíveis
Sedentarismo
Alimentos, Dieta e Nutrição
Issue Date: 2014
Citation: TAVARES, Felipe Guimarães. Obesidade e fatores associados entre os adultos Xavante, Mato Grosso, Brasil. 2014. 125 f. Tese (Doutorado em Epidemiologia) - Escola Nacional de Saúde Pública, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2014
Place of defense: Rio de Janeiro/RJ
Defense institution: Fundação Oswaldo Cruz . Escola Nacional de Saúde Pública
Copyright: open access
Appears in Collections:AN - Teses de Doutorado
EPI - Teses de Doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
304299833.pdf1.57 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.