Please use this identifier to cite or link to this item: http://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/763
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorZioni, Fabíola-
dc.contributor.authorVargas, Karem Dall" Acqua-
dc.date.accessioned2019-08-08T12:21:18Z-
dc.date.available2019-08-08T12:21:18Z-
dc.date.issued2015
dc.identifier.citationVARGAS, Karem Dall"Acqua. Gestão participativa no Distrito Sanitário Especial Indígena Cuibá: uma análise de sua viabilidade política. 2015. 411 f. Tese (Doutorado em Ciências ) - Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015-
dc.identifier.urihttp://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/763-
dc.description.abstractEste trabalho se inscreve no campo da saúde pública em sua perspectiva interdisciplinar, pois mobiliza conhecimentos oriundos da epidemiologia, do planejamento e das ciências humanas e sociais. Nosso objetivo central foi analisar a viabilidade política do planejamento participativo na Terra Indígena Tirecatinga, DSEI Cuiabá, Estado de Mato Grosso, Brasil. A fundamentação teórica utilizada foi a Teoria do Jogo Social de Carlos Matus que visita e amplia duas outras teorias formuladas pelo autor: a Teoria das Situações e a Teoria da Produção Social. A estratégia metodológica escolhida foi o Estudo de Caso tendo em vista que a formulação de um plano local por meio do planejamento estratégico situacional tratou-se de um caso não significando que o processo e os resultados obtidos poderão ser generalizados para as demais comunidades indígenas do território nacional. Os depoimentos foram submetidos à Análise do Discurso segundo hipóteses de Dominique Mainguenau. Esperamos que o exercício do planejamento em território indígena amplie a compreensão da situação de saúde dos índios que vivem na Terra Indígena Tirecatinga, território adstrito ao DSEI Cuiabá; estenda a compreensão sobre as lógicas de ação que permeiam as práticas dos sujeitos nos espaços de participação social; que o planejamento seja um instrumento de reflexão e mudança para a organização fornecendo subsídios para a institucionalização do mesmo tendo em vista as necessidades dos sujeitos e, sobretudo, promova a reflexividade e a atividade crítica na comunidade indígena participante-
dc.language.isopor-
dc.rightsopen accessen_US
dc.subject.otherBrasil-
dc.subject.otherÍndios Sul-Americanos-
dc.subject.otherSaúde de Populações Indígenas-
dc.subject.otherMato Grosso-
dc.subject.otherRegião Amazônica-
dc.subject.otherEpidemiologia-
dc.subject.otherRegião Centro-Oeste-
dc.subject.otherDSEI Cuiabá-
dc.subject.otherEstudos Epidemiológicos-
dc.subject.otherSistemas Locais de Saúde-
dc.subject.otherServiços de Saúde do Indígena-
dc.subject.otherCuiabá-
dc.subject.otherAvaliação de Serviços de Saúde-
dc.titleGestão participativa no Distrito Sanitário Especial Indígena Cuibá: uma análise de sua viabilidade política-
dc.typeThesisen_US
dc.degree.grantorFaculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo-
dc.degree.localSão Paulo/SP-
dc.subject.decsBrasil-
dc.subject.decsÍndios Sul-Americanos-
dc.subject.decsSaúde de Populações Indígenas-
dc.subject.decsRegião Amazônica-
dc.subject.decsEpidemiologia-
dc.subject.decsDistrito Sanitário Especial Indígena-
dc.subject.decsSistemas Locais de Saúde-
dc.subject.decsServiços de Saúde do Indígena-
dc.subject.decsAvaliação de Serviços de Saúde-
Appears in Collections:EPI - Teses de Doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
254406898.pdf8.52 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.