Please use this identifier to cite or link to this item: http://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/812
Title: Prevalência de anticorpos IgG contra VVZ(Vírus Varicela Zoster) nas tribos Kuikuro e Kayabi do parque indígena do Xingu pré vacinação contra varicela
Advisor: Weckx, Lily Yin
Authors: Lafer, Manuel Mindlin
Abstract: Objetivos: avaliar a soroprevalencia de anticorpos IgG anti-VVZ nas etnias mais populosas do Parque Indigena do Xingu e determinar os valores preditivos positivo e negativo da historia pregressa de infeccao por varicela. Metodos: o estudo foi realizado entre junho e setembro de 2001 no Parque Indigena do Xingu, situado ao norte de Estado do Mato Grosso, que compreende uma area de 2.642.003 hectares e populacao de entao 3919 habitantes. Destes, foram avaliados 589 pertencentes a duas aldeias Kuikuro da regiao do Alto Xingu, e tres aldeias Kaiabi da regiao do Baixo Xingu, de modo a fornecer dados sobre infeccao previa por varicela. Foi realizado ensaio imunoenzimatico indireto para pesquisa de anticorpos IgG anti-Varicela Zoster Virus em 224 amostras de sangue coletadas antes da Introdução da vacinacao contra varicela. A selecao de voluntarios foi feita por chamamento e seguiu a distribuicao etaria daquela populacao, sem que houvesse influencia da resposta proferida a anamnese. Resultados: a soroprevalencia de anticorpos IgG foi de 80,8 por cento (intervalo de confianca de 95 por cento: 76 por cento a 86 por cento). Nos menores de 1 ano de idade, entre 1 e 5 anos, 6 e 10 anos, 11 e 15 anos, 16 a 20 anos e nos maiores de 20 anos, houve soroprevalencia de respectivamente 25 por cento, 57,8 por cento, 78,9 por cento, 100 por cento, 97,1 por cento e 100 por cento. 0 valor preditivo positivo da historia pregressa de varicela foi de 98 por cento e o valor preditivo negativo foi de 41 por cento. Conclusoes: a soroepidemiologia da varicela no Parque do Xingu antes da Introdução da vacinacao contra varicela foi comparavel a da populacao brasileira descrita na literatura. Houve maior proporcao de soroprevalentes entre 11 e 15 anos, indicando aquisicao de imunidade mais precoce contra esta doenca. 0 valor preditivo positivo elevado e o valor preditivo negativo baixo da historia previa tambem corresponderam aqueles descritos na literatura internacional
Keywords: Brasil
Índios Sul-Americanos
Saúde de Populações Indígenas
Mato Grosso
Parque Indígena do Xingu
Região Amazônica
Região Centro-Oeste
Vacinação
Kuikuro
Varicela
Estudos Soroepidemiológicos
Kayabi
Receptores de IgG
Valor Preditivo dos Testes
DeCS: Brasil
Índios Sul-Americanos
Saúde de Populações Indígenas
Região Amazônica
Vacinação
Varicela
Estudos Soroepidemiológicos
Receptores de IgG
Valor Preditivo dos Testes
Issue Date: 2004
Citation: LAFER, Manuel Mindlin. Prevalência de anticorpos IgG contra VVZ(Vírus Varicela Zoster) nas tribos Kuikuro e Kayabi do parque indígena do Xingu pré vacinação contra varicela. 2004. 130 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, 2004
Place of defense: São Paulo/SP
Defense institution: Universidade Federal de São Paulo
Copyright: restricted access
Appears in Collections:GH - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.