Please use this identifier to cite or link to this item: http://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/827
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorStotz, Eduardo Navarro-
dc.contributor.authorBruno, Paulo Roberto de Abreu-
dc.date.accessioned2019-08-08T12:32:09Z-
dc.date.available2019-08-08T12:32:09Z-
dc.date.issued2008
dc.identifier.citationBRUNO, Paulo Roberto de Abreu. Saberes na saúde indígena: estudo sobre processos políticos e pedagógicos relativos à formação de agentes de saúde tikuna no Alto Solimões (AM), Brasil. 2008. 283 f. Tese (Doutorado) - Instituto Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2008-
dc.identifier.urihttp://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/827-
dc.description.abstractEsta tese versa sobre os processos de formação dos agentes de saúde tikuna, do Alto Solimões no estado do Amazonas, focalizando as relações entre os diferentes saberes, referidos à biomedicina, à cultura oral e à história destes ameríndios. Tais relações são consideradas numa perspectiva interdisciplinar com ênfase na abordagem histórica que se fundamenta nos resultados das pesquisas bibliográficas e do trabalho de campo em áreas urbanas e rurais dos municípios que integram o DSEI-AS. O estudo realiza-se no território correspondente ao Distrito Sanitário Especial Indígena do Alto Solimões e diz respeito ao período compreendido entre o começo da década de 1990 e os primeiros anos do presente século. Neste período houve um crescimento considerável do contingente de agentes de saúde tikunas em decorrência de ações promovidas por diferentes organismos governamentais e nãogovernamentais. Estes agentes de saúde atuam de acordo com as diretrizes do SUS, nos serviços de atenção básica à saúde nas aldeias e, em alguns casos, em áreas urbanas, como mediadores e protagonistas nas relações estabelecidas entre as práticas e os campos de conhecimentos relativos à biomedicina e à etnomedicina tikuna. Através da análise da formação dos agentes de saúde dirigida pela FUNASA verifica-se o predomínio da racionalidade da biomedicina na condução dos processos de ensinoaprendizagem, em prejuízo à perspectiva dialógica e à permuta de conhecimentos.-
dc.language.isopor-
dc.rightsopen accessen_US
dc.subject.otherAmazonas-
dc.subject.otherBrasil-
dc.subject.otherRegião Norte-
dc.subject.otherSaúde de Populações Indígenas-
dc.subject.otherRegião Amazônica-
dc.subject.otherAlto Solimões-
dc.subject.otherAtenção Primária à Saúde-
dc.subject.otherAgentes Comunitários de Saúde-
dc.subject.otherTikuna-
dc.subject.otherAtenção à Saúde-
dc.titleSaberes na saúde indígena: estudo sobre processos políticos e pedagógicos relativos à formação de agentes de saúde Tikuna no Alto Solimões (AM), Brasil-
dc.typeThesisen_US
dc.degree.grantorInstituto Oswaldo Cruz-
dc.degree.localRio de Janeiro/RJ-
dc.subject.decsAtenção à Saúde-
dc.subject.decsBrasil-
dc.subject.decsSaúde de Populações Indígenas-
dc.subject.decsRegião Amazônica-
dc.subject.decsAtenção Primária à Saúde-
dc.subject.decsAgentes Comunitários de Saúde-
Appears in Collections:AS - Teses de Doutorado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
251418881.pdf5.2 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.