Please use this identifier to cite or link to this item: http://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/905
Title: Prevalência estimada e fatores associados à hipertensão arterial em indígenas Krenak do estado de Minas Gerais
Advisor: Pimenta, Adriano Marçal
Authors: Chagas, Cristiane Alvarenga
Abstract: Introdução: Um complexo quadro de adoecimento tem sido observado nas últimas décadas entre os povos indígenas brasileiros. As doenças crônicas não transmissíveis, responsáveis pela maior carga de doença no mundo, têm afetado também estes povos. A hipertensão arterial sistêmica (HAS) antes não observada entre os indígenas, hoje já se faz prevalente, sendo considerado um problema de saúde nos povos indígenas brasileiros. Objetivo: Analisar os fatores associados à hipertensão arterial em indígenas das aldeias Krenak do Estado de Minas Gerais. Materiais e Métodos: Trata-se de um estudo de delineamento transversal realizado com indígenas com idade > 18 anos de ambos os sexos da terra indígena Krenak, Minas Gerais. Os dados relativos às variáveis sociodemográficas, estilo de vida e hábitos alimentares foram coletados por meio de questionário estruturado. Foram aferidos peso e estatura para posterior cálculo do índice de massa corporal, perímetro da cintura, glicemia capilar e pressão arterial (PA). Os participantes que apresentaram PA sistólica > 140 mmHg e/ou PAS > 90 mmHg e/ou sob utilização de medicamentos anti-hipertensivos, foram considerados com HAS. A análise dos dados foi efetuada no programa Stata, versão 14. Uma análise bivariada foi realizada entre as variáveis independentes e a variável dependente, estas foram estimadas por meio do teste de qui-quadrado de Pearson. A força de associação foi medida através da razão de prevalência por meio da regressão de Poisson. Foi construído um modelo estatístico multivariado com a técnica de regressão de Poisson e modelo teórico adaptado. Todas as variáveis que apresentaram p < 0,20 na análise bivariada foram inseridas na elaboração do modelo multivariado final. Resultados: Participaram do estudo 183 indígenas. A maioria dos participantes era do sexo feminino (52,8%). A prevalência de HAS foi 31,1% (IC95% 24,37 37,92). Após ajuste das variáveis os fatores associados a HAS entre os indígenas foram: aqueles nas faixas etárias mais avançadas, 30-39 anos (RP=3,99 IC95% 1,49-10,69)/ 40-49 anos (RP=5,11 IC95% 1,85-14,08)/ 50-59 anos (RP=6,23 IC95% 2,05-18,90)/ 60 anos ou mais (RP=7,45 IC95% 2,64-20,97) e obesidade abdominal com risco muito elevado para doenças cardiovasculares (RP=2,83 IC95% 2,54-9,40). Conclusão: A prevalência de HAS nos indígenas Krenak foi alta, isso aponta a necessidade de se pensar em intervenções para prevenção e controle da HAS, visto que essa pode trazer consequências irreversíveis. Tais ações devem ser sustentáveis e adequadas aos recursos disponíveis no território devido a uma enorme sociodiversidade existente entre os indígenas.
Keywords: Saúde de Populações Indígenas
Antropometria
Keywords: Brasil
Índios Sul-Americanos
Saúde de Populações Indígenas
Epidemiologia
Hipertensão
Região Sudeste
Antropometria
Fatores de Risco
Krenak
Pressão Arterial
Estudos Epidemiológicos
Índice de Massa Corporal
Minas Gerais
Estado Nutricional
Sobrepeso e Obesidade
Inquéritos Nutricionais
Doenças Crônicas não Transmissíveis
DeCS: Brasil
Epidemiologia
Fatores de Risco
Pressão Arterial
Índice de Massa Corporal
Estado Nutricional
Doenças Crônicas não Transmissíveis
Issue Date: 2018
Citation: CHAGAS, Cristiane Alvarenga. Prevalência estimada e fatores associados à hipertensão arterial em indígenas Krenak do estado de Minas Gerais. 2018. 89 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2018
Place of defense: Belo Horizonte/MG
Defense institution: Universidade Federal de Minas Gerais
Copyright: open access
Appears in Collections:AN - Dissertações de Mestrado
EPI - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
667505577.pdf1.13 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.