Please use this identifier to cite or link to this item: http://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/976
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorPellon, Luiz Henrique C.-
dc.contributor.authorVargas, Liliana A.-
dc.date.accessioned2019-09-03T14:17:27Z-
dc.date.available2019-09-03T14:17:27Z-
dc.date.issued2010
dc.identifier.citationPELLON, Luiz Henrique C.; VARGAS, Liliana A. Cultura, interculturalidade e processo saúde-doença: (des)caminhos na atenção à saúde dos Guarani Mbyá de Aracruz, Espírito Santo. Physis: Revista de Saúde Coletiva, v. 20, p. 1377-1397, 2010.en_US
dc.identifier.issn0103-7331-
dc.identifier.urihttp://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/976-
dc.description.abstractA ideia de elaborar este artigo surge como uma forma de sistematizar as reflexões suscitadas a partir da temática "Tensões interculturais e os impactos no processo saúde-doença na população Guarani Mbyá do município de Aracruz, Espírito Santo", abordada por seus autores, num processo de construção do conhecimento na pós-graduação em enfermagem da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. Dessa forma, o artigo se propõe a estimular uma reflexão sobre as contradições surgidas dentro da política de saúde indígena no Brasil, cujas normativas não conseguem, de fato, contribuir para a estruturação de novas abordagens que valorizem a diversidade do ponto de vista étnico e cultural. Sua metodologia pode ser tipificada como descritiva, com abordagem qualitativa, do tipo estudo de caso. Os dados foram coletados a partir de entrevistas semiestruturadas realizadas junto a representantes das comunidades Mbyá de Aracruz, Espírito Santo, estando sua análise apoiada nas propostas normativas que subsidiam as práticas de atenção à saúde indígena. Concluí-se que a atenção à saúde indígena costuma sofrer influências dos interesses políticos, econômicos e sociais locais, regionais e globais que em muitos aspectos se sobrepõem ou negligenciam aqueles aspectos indispensáveis à promoção e proteção da qualidade de vida dos Guarani Mbyá aldeados em Aracruz.en_US
dc.language.isopor-
dc.publisherIMS-UERJen_US
dc.rightsopen accessen_US
dc.subject.otherBrasilen_US
dc.subject.otherÍndios Sul-Americanosen_US
dc.subject.otherSaúde de Populações Indígenasen_US
dc.subject.otherRegião Sudesteen_US
dc.subject.otherEspírito Santoen_US
dc.subject.otherEstudos de Casosen_US
dc.subject.otherGuarani Mbyáen_US
dc.subject.otherSistemas Locais de Saúdeen_US
dc.subject.otherServiços de Saúde do Indígenaen_US
dc.subject.otherPesquisa Qualitativaen_US
dc.subject.otherPolítica de Saúde Indígenaen_US
dc.subject.otherAvaliação de Serviços de Saúdeen_US
dc.subject.otherIntermedicalidadeen_US
dc.titleCultura, interculturalidade e processo saúde-doença: (des)caminhos na atenção à saúde dos Guarani Mbyá de Aracruz, Espírito Santoen_US
dc.typeArticleen_US
dc.creator.affilliationMestre em Enfermagem, professor assistente do Departamento de Enfermagem de Saúde Pública da Escola de Enfermagem Alfredo Pinto da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (EEAP/ UNIRIO).en_US
dc.creator.affilliationDoutora em Saúde Coletiva, professora adjunta do Departamento de Enfermagem de Saúde Pública da EEAP/ UNIRIO.en_US
Appears in Collections:PSSI - Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
964133150.pdf687.95 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.