Please use this identifier to cite or link to this item: http://ds.saudeindigena.icict.fiocruz.br/handle/bvs/995
Title: A universidade na atenção à saúde dos povos indígenas: a experiência do Projeto Xingu da Universidade Federal de São Paulo/Escola Paulista de Medicina
Authors: Baruzzi, Roberto Geraldo
Affilliation: Universidade Federal Paulista. Escola Paulista de Medicina. Departamento de Medicina Preventiva Unifesp, São Paulo, Brasil.
Abstract: Transcorridos mais de 40 anos da sua criação, o Parque Indígena do Xingu (PIX) é hoje uma ilha verde cercada de extensas áreas desmatadas e urbanizadas. O Projeto Xingu abriu para a Unifesp/EPM um campo avançado com modelo contínuo, flexivel e inovador para instituições envolvidas na atenção diferenciada à Saúde dos Povos Indígenas no Brasil. Os resultados do Projeto Xingu ao longo de quatro décadas são evidenciados por indicadores demográficos, epidemiológicos e operacionais. Dados da Unifesp/EPM indicam que em 1970 a população do PIX, incluindo 16 etnias, era de 1.220 indivíduos; para o ano de 2005 a população estimada era de aproximadamente 5.000 indivíduos. Nenhum caso de sarampo surgiu no PIX na última década e o controle da malária possibilitou forte queda do número de casos registrados anualmente, sem registro recente de óbitos, alcançado graças ao pronto diagnóstico e tratamento possibilitado pela capacitação dos AIS e AIE. No tocante à ameaça sempre presente da tuberculose a atenção é contínua, segundo dados do DSEI-Xingu (MT). A transição epidemiológica em curso, associada ao significativo aumento do número de idosos no PIX e a mudanças do estilo de vida, tem intensificado a atuação em prevenção, diagnóstico e tratamento de doenças crônicas não-transmissíveis. A produção científica acompanhou e apoiou o desenvolvimento das ações de saúde ao longo dos anos, incluindo linhas de pesquisa de outras áreas do conhecimento do campo das ciências humanas e sociais.
Abstract: After more than 40 years have passed since its creation, the Xingu Indigenous Park (XIP) is today a green island surrounded by large deforested and urbanized areas. The Xingu Project opened to Unifesp/EPM (Federal University of São Paulo) an advanced field with a continuous, flexible and innovative model to institutions dealing with the Health of Indigenous Peoples in Brazil. The results of the Xingu Project throughout four decades are revealed by demographic, epidemiological and operational indicators. Data from Unifesp/ EPM indicated that in 1970 the XIP’s population, including 16 ethnic groups, was approximately 1,220 individuals; for 2005, the estimated population is approximately 5,000 individuals. No case of measles emerged in XIP in the last decade and the control of malaria produced a sharp decrease in the number of annual cases, with no recent registers of deaths. All this was achieved thanks to the immediate diagnosis and treatment enabled by the qualification of the AIS and AIE. As regards the threat of tuberculosis, which is always present, attention has been continually paid,according to data from DSEI-Xingu (MT). The ongoing epidemiological transition, associated with a significant increase in the number of elderly individuals in XIP and with changes in lifestyle, has enhanced the actions of prevention, diagnosis and treatment of chronic and non-transmissible diseases. Scientific production has accompanied and supported the development of health actions throughout the years, including research lines from other knowledge areas in the field of human and social sciences.
Keywords: Saúde de Populações Indígenas
Índios Sul-Americanos
Capacitação de Recursos Humanos em Saúde
Atenção à Saúde
Pessoal da Saúde
Política de Saúde Indígena
Keywords: Brasil
Mato Grosso
Parque Indígena do Xingu
Região Amazônica
Pará
Região Centro-Oeste
Agente Indígena de Saúde
Agentes Comunitários Indígenas de Saúde
DSEI Xingu
Trabalho em Saúde
Issue Date: 2007
Publisher: Associação Paulista de Saúde Pública
Citation: BARUZZI, Roberto G. A universidade na atenção à saúde dos povos indígenas: a experiência do Projeto Xingu da Universidade Federal de São Paulo/Escola Paulista de Medicina. Saúde e Sociedade, v. 16, n. 2, p. 182-186, 2007.
ISSN: 0104-1290
1984-0470
Copyright: open access
Appears in Collections:AS - Artigos de Periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
615121695.pdf91.46 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.